Filmes e séries

"Ausência", de Chico Teixeira, vence o Kikito de melhor longa em Gramado

Mariane Zendron

Do UOL, em Gramado (RS)

16/08/2015 00h22

"Ausência", do cineasta Chico Teixeira, venceu o prêmio de melhor filme do 43º Festival de Gramado. O diretor não veio à cerimônia porque passa por um tratamento de um câncer. Subiram ao palco para receber a premiação os dois protagonistas do longa, Gilda Nomacce e Matheus Fagundes.

O longa ganhou quatro prêmios em Gramado. Além de melhor filme, melhor diretor, melhor roteiro e melhore trilha musical. Outro filme a vencer quadro vezes, “O Último Cine Drive-In” ficou com os Kikitos de melhor ator (Breno Nina), melhor atriz coadjuvante (Fernanda Rocha), melhor direção de arte e com o prêmio do júri da crítica.

A atriz Mariana Ximenes venceu o Kikito de melhor atriz no Festival de Gramado por um "Um Homem Só". "É um filme que nasceu da vontade de experimentar", disse. Nervosa e com a voz trêmula, ela agradeceu Vladimir Brichta e toda a equipe do longa.

O melhor ator foi Breno Nina, de "O Último Cine Drive-In", de Iberê Carvalho. Ao subir ao palco, Nina agradeceu Othon Bastos, com quem contracenou. "Nem quando eu tiver 80 anos, vou ter a dimensão do que foi ter sido seu filho no filme".

Noite marcada por discursos políticos

Convidado ao palco para entregar algumas estatuetas para concorrentes de longas-metragens, Luiz Carlos Barreto, o Barretão, defendeu a democracia e se disse contra os que planejam um golpe no país. O produtor foi aplaudido pela maioria da plateia, mas era possível ouvir algumas vaias na plateias.

Luiz Fernando Emediato, autor do livro que inspirou "O Outro Lado do Paraíso", defendeu Barreto e disse que ser a favor da democracia não é ser a favor do governo Dilma. "A presidente Dilma foi eleita e não pode sofre um golpe", disse e também foi vaiado por alguns espectadores na plateia.

A cerimônia começou com 40 minutos de atraso e contou com a presença de Mariana Ximenes e Vladimir Brichta, protagonistas de "Um Homem Só", filme premiado com melhor fotografia.

O prêmio de melhor longa estrangeiro foi para o argentino "La Salada", de Juan Martin Hsu. O melhor curta-metragem foi para o gaúcho "O Corpo", de Lucas Cassales, protagonizado pelo uruguaio Cesar Troncoso. Matheus Nachtergaele ganhou o prêmio de melhor ator de curta por "Quando Parei de Me Preocupar Com Canalhas".

A banda Rock de Galpão, de Porto Alegre, embalou a noite nos intervalos da premiação. O grupo musical participou de uma homenagem ao Teixeirinha, astro e produtor do cinema nacional.

Ao longo de oito dias de competição, foram exibidos no Palácio dos Festivais 15 curtas-metragens brasileiros, oito longas brasileiros e sete longas de países como Cuba, Equador, Argentina, Uruguai, Costa Rica e México. 

Premiação em dinheiro

Foram distribuídos R$ 280 mil aos competidores nas mostras de longas nacionais, estrangeiros e curtas-metragens, R$5 mil a mais que em 2014. Este ano, os homenageados foram Marília Pêra, Daniel Filho, o produtor Zelito Viana e o produtor e diretor Argentino Fernando Solanas. A edição de 2014 foi a primeira em que o Festival concedeu prêmios em dinheiro.

Em 2014, o filme vencedor do Festival de Gramado foi "A Estrada 47", dirigido por Vicente Ferraz e protagonizado por Daniel Oliveira, sobre a história de pracinhas brasileiros durante a Segunda Guerra Mundial.

Veja todos os vencedores.

Curtas brasileiros

Melhor desenho de som: Tiago Bello, por “O Teto Sobre Nós”

Melhor trilha Musical: Felipe Junqueira e Samuel Ferrari, por “Miss & Grubs”

Melhor direção de Arte: Welton Santos, por “Miss & Grubs”

Melhor montagem: Chico Lacerda, por “Virgindade”

Melhor fotografia: Arno Schuh, por “O Corpo”

Melhor roteiro: Tiago Vieira e Fabrício Ide, por “Quando parei de me preocupar com canalhas”

Melhor atriz: Giuliana Maria, por “Herói”

Melhor Ator: Matheus Nachtergaele, por “Quando parei de me preocupar com canalhas”

Prêmio Especial do Júri vai para o filme “Haram”

Melhor filme de curta-metragem pelo Júri Popular: “Bá”, de Leandro Tadashi

Melhor diretor em curta-metragem: Bruno Carboni, por “O Teto Sobre Nós”

Melhor curta: “O Corpo”, de Lucas Cassales

Prêmio Canal Brasil de melhor curta: "Dá Licença de Contar", de Pedro Serrano.

Prêmio Dom Quixote, Federação Internacional de Cineclubes (FICC): “En La Estancia”, de Carlos Armella.

Longas estrangeiros

Melhor fotografia: “Venecia”

Melhor atriz: Claudia Muñiz, Marianela Pupo e Maribel García Garzón, por “Venecia”

Melhor roteiro: Carlos Armella, por “En La Estancia”.

Melhor ator: Gilberto Barraza, por “En La Estancia”

Melhor filme pelo júri popular: “Ella”, de Libia Stella Gómez

Melhor diretor: Kiki Alvarez, por "Venecia".

Melhor longa estrangeiro: “La Salada”, de Juan Martin Hsu

Júri da crítica

Melhor curta: “Dá Licença de Contar”, de Pedro Serrano

Melhor filme estrangeiro: “La Salada”, de Juan Martin Hsu

Prêmio do júri da crítica: “O Último Cine Drive-In”, de Iberê Carvalho

Longas brasileiros

Melhor Desenho de Som: “Ponto Zero”, de José Pedro Goulart

Melhor atriz coadjuvante: Fernanda Rocha, por “O Último Cine Drive-In”

Melhor Ator coadjuvante: Otavio Muller, por “Um Homem Só”

Melhor trilha musical: Alexandre Kassin, por “Ausência”

Melhor direção de arte: Maíra Carvalho, por “O Último Cine Drive-In”

Melhor montagem: Frederico Brioni, por “Ponto Zero”

Melhor fotografia: Adrian Tejido, por “Um Homem Só”

Melhor roteiro: Chico Teixeira, César Turim e Sabina Anzuategui, por “Ausência”

Melhor atriz: Mariana Ximenes por “Um Homem Só”

Melhor ator: Breno Nina por “O Último Cine Drive-In”

Melhor filme do júri popular: “O Outro Lado do Paraíso”, de André Ristum

Melhor diretor: Chico Teixeira, por “Ausência”

Melhor longa: "Ausência", de Chico Teixeira

Tradutor: Prêmio do júri da crítica: ?O Último Cine Drive-In?, de Iberê Carvalho Melhor atriz coadjuvante: Fernanda Rocha, por ?O Último Cine Drive-In? Melhor direção de arte: Maíra Carvalho, por ?O Último Cine Drive-In? Melhor ator: Breno Nina por ?O Último Cine Drive-In?

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

do UOL
do UOL
do UOL
UOL Entretenimento
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
EFE
EFE
do UOL
UOL Entretenimento
do UOL
do UOL
do UOL
EFE
UOL Entretenimento
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Entretenimento
do UOL
do UOL
AFP
Cinema
do UOL
do UOL
Cinema
BBC
do UOL
EFE
Cinema
do UOL
do UOL
AFP
UOL Cinema - Imagens
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Entretenimento
do UOL
do UOL
do UOL
BBC
do UOL
do UOL
UOL Entretenimento
do UOL
do UOL
Topo