Cinema

Dean Jones, ator de "Se meu Fusca Falasse", morre aos 84 anos

Reprodução
Dean Jones em cena de "Se meu Fusca Falasse" (1968), dirigido por Robert Stevenson imagem: Reprodução

Do UOL, em São Paulo

O ator americano Dean Jones, que atuou no clássico "Se meu Fusca Falasse" (1968), morreu nesta terça-feira (1º), em Los Angeles, aos 84 anos.

Conhecido por suas diversas participações em longas da Disney, Jones sofria de Mal de Parkinson. Segundo o agente do ator informou ao site da revista "The Hollywood Reporter", a morte é decorrente de complicações relacionadas à doença.

O sucesso de "Se meu Fusca Falasse" (1968), produzido pela Disney, rendeu várias continuações da história. A mais famosa, "Herbie no Grand Prix de Montecarlo" (1977).

Dean Jones trabalhou em 46 filmes durante a carreira, incluindo "O Diabólico agente D.C." (1965), "O Promotor Shaggy" (1976), "Beethoven - O Magnífico" (1992) e "Perigo Real e Imediato" (1994).

Indicado ao Globo de Ouro de melhor ator de comédia por "Esse Pato Vale Ouro", Jones integrou o elenco original do musical "Company", baseado no livro de George Furth.

Na Broadway, também estrelou "There Was a Little Girl" (1960), ao lado de Jane Fonda, e "Don Juan era Aprendiz", que originou o filme homônimo protagonizado por Jack Lemmon.

Dean Jones deixa a mulher, a escritora Lory Basham Jones, e três filhos, Caroline Jones, Deanna Demaree e Michael Pastick.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.title}}

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 
Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Topo