Cinema

Filme dirigido por pastor fica em 1º lugar nas bilheterias dos EUA

Do UOL, em São Paulo

O drama "War Room" ficou em 1º lugar nas bilheterias americanas, com arrecadação de US$ 9,3 milhões. O longa tirou da liderança o filme "gangsta rap", "Straight Outta Compton", que arrecadou US$ 8,9 milhões, em 3.094 salas. O filme estava em primeiro lugar havia três semanas.

"War Room", que chegou aos cinemas americanos no dia 28 de agosto, arrecadou no primeiro fim de semana US$ 11,4 milhões.

Dirigido pelo pastor evangélico e ator Alex Kendrick (dos dramas religiosos “Prova de Fogo” e “Corajosos”), "War Room" conta a história de uma família aparentemente perfeita que tem seus problemas escancarados por uma mulher mais velha Miss Clara (Karen Abercrombie). O filme não tem previsão de estreia no Brasil.

Em segundo lugar, "Straight Outta Compton – A História do N.W.A" é uma cinebiografia do grupo de rap N.W.A., que aborda o surgimento do gênero "gangsta rap”. O longa de F. Gary Gray (Código de Conduta, Uma Saída de Mestre) chega ao Brasil no dia 29 de outubro.

 

A comédia "A Walk in the Woods", com Robert Redford no elenco e direção de Ken Kwapis, ficou em terceiro lugar, com US$8,1 milhões de arrecadação em 1.960 locais. 

Os filmes de ação de "Missão: Impossível - Nação Secreta", que já está em cartaz no Brasil, e "Carga Explosiva: O Legado", que deve estrear dia 29 de outubro por aqui, brigaram pelo quarto lugar, mas "Missão" levou, com US$7,2 milhões em 2.849 salas, enquanto "Carga Explosiva" arrecadou US$7.1 milhões em mais salas, 3.494.

Ranking

1 "War Room" US$ 9,3 milhões
2 "Straight Outta Compton - A História do N.W.A. US$8,9 milhões
3 "A Walk in the Woods" - US$8,1 milhões
4 "Missão: Impossível - Nação Secreta" - US$7,2 milhões 
5 "Carga Explosiva: O Legado" - US$7.1 milhões

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.title}}

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 
Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Topo