Cinema

"Os Dez Mandamentos" deve ganhar nova versão nos cinemas

Divulgação
Dirigido por Cecil B. DeMille, "Os Dez Mandamentos" se tornou um clássico de Hollywood imagem: Divulgação

Do UOL, em São Paulo

A Paramount está desenvolvendo uma nova versão do épico bíblico “Os Dez Mandamentos”, de 1956, estrelado por Charlton Heston.

A ideia do estúdio, segundo o “Guardian”, é investir em uma visão diferente da história, amplamente conhecida e revisitada. No Brasil, a novela de mesmo nome da Record tem balançado a audiência da TV no horário nobre.

Segundo o site “The Tracking Board”, especializado em informações de bastidores de Hollywood, o filme vai continuar a contar a história de Moisés, e de como ele liberta o povo judeu do governo tirânico de Ramsés. O remake ainda não tem elenco, mas a Paramount está declaradamente à procura de uma equipe que possa fornecer uma visão única sobre a história.

A nova versão tem razões suficientes para existir. No ano passado, "Êxodo: Deuses e Reis", de Ridley Scott, centrado no mesmo personagem, rendeu controvérsia e crítica negativa, mas foi um sucesso global, somando US$ 268 milhões em todo o mundo.

Da mesma forma aconteceu com “Noé”, de Darren Aronosfsky, com US$ 362 milhões na bilheteria.

O filme de 1956, dirigido por Cecil B. DeMille, foi o segundo filme de maior bilheteria da década e foi indicado para sete Oscars, vencendo apenas na categoria de efeitos visuais.
 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.title}}

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 
Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Topo