Filmes e séries

Após assistir a novo "Star Wars", fã em estado terminal morre aos 32 anos

Reprodução/Click2Houston
O jovem Daniel Fleetwood, de 32 anos, que sofre de um câncer terminal Imagem: Reprodução/Click2Houston

Do UOL, em São Paulo

10/11/2015 09h27

Daniel Fleetwood, o fã de "Star Wars" em estado terminal que assistiu ao novo filme da saga, "O Despertar da Força", antes de todo mundo, morreu na segunda-feira (10), aos 32 anos.

O norte-americano foi vítima de um agressivo e raro câncer que tomou 90% de seus pulmões. Em julho, os médicos lhe deram apenas dois meses de vida.

A notícia foi divulgada por sua mulher, Ashley Fleetwood, no Facebook. “Daniel esteve em uma luta impressionante no fim. Ele agora está com Deus e com a força. Ele falecer durante seu sono e em paz. Ele sempre será meu ídolo e meu herói”. Junto com a mensagem, Ashley postou sua última selfie com o marido.

 

A intensa campanha para que o fã pudesse assistir ao filme dois meses antes da estreia comoveu o diretor J. J. Abrams. Fleetwood recebeu a Disney na quinta-feira (5), em sua casa no Texas, e conferiu uma versão bruta de “O Despertar da Força”.

O último pedido de Daniel se tornou viral nas redes sociais nas últimas semanas com a tag #ForçaParaDaniel, que recebeu o apoio dos atores Mark Hamill (Luke Skywalker), Peter Mayhew (Chewbacca) e o novato John Boyega.

Quando soube da morte de Daniel, Boyega disse no Twitter: "Feliz que você tenha chegado a ver o filme, mais importante que você dormiu em paz. Deus abençoe você, cara. Você me inspirou".

Com a notícia de sua morte, quatro dias depois da exibição do filme, a hashtag voltou aos assuntos mais comentados, inclusive no Brasil: "Ele está com a força agora", lamentou um usuário. "A galáxia amanheceu triste hoje", escreveu outra.

Fã fiel
Em entrevista à TV americana KPRC, Daniel contou ser fãde Star Wars desde a época da infância. Não a toa, ele já era conhecido da região por sempre aparecer nos jornais como exemplo de fidelidade -- enfrentando filas para conseguir assistir o filme nas primeiras sessões e fazendo festas temáticas da franquia. "Eu apenas amo Star Wars. Com todas as minhas forças", disse ele.

Não foi a primeira vez que J.J. Abrams ficou sensibilizado com um fã em estado em terminal. Em 2013, ele conseguiu que Daniel Craft, fã de Star Trek, pudesse assistir a sequência "Além da Escuridão" antes da estreia. Ele também viu uma versão não finalizada no filme e morreu poucos dias depois.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
AFP
Roberto Sadovski
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
EFE
do UOL
UOL Cinema - Imagens
Reuters
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Cinema
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Cinema - Imagens
Cinema
do UOL
UOL Cinema - Imagens
Cinema
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
EFE
EFE
do UOL
Roberto Sadovski
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Entretenimento
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
EFE
EFE
Topo