Filmes e séries

Chewbacca escreve carta para fã de Star Wars que perdeu melhor amigo

Do UOL, em São Paulo

11/11/2015 11h51

Em paralelo à comoção da estreia de “Star Wars: O Despertar da Força”, histórias envolvendo os fãs da saga têm ganhado destaque e até mesmo a atenção dos astros do novo filme.

Após a morte de Daniel Fleetwood, fã que sofria de câncer terminal e sensibilizou o diretor J. J. Abrams a ponto de ganhar uma sessão especial do novo filme da saga antes de todo mundo, o ator que interpreta Chewbacca, Peter Mayhew, se comoveu com a história do pequeno Liam.

Liam perdeu o amigo Sam, de apenas 7 anos, em um acidente trágico. As crianças planejavam assistir juntas ao longa no dia da estreia.

Peter ficou sabendo da história e divulgou uma carta endereçada a Liam lamentando a triste notícia. “Eu sei que às vezes coisas acontecem e nós não conseguimos entender, então nos sentimentos tristes. É importante lembrar a alegria que você teve com o Sam. Melhores amigos nunca vão embora exatamente, eles vivem para sempre em nossos corações e memórias”, escreveu o ator em papel timbrado com o logo da franquia.

“Eu sei que você vai amar ‘Star Wars: O Despertar da Força’ e eu aposto que você fará novos amigos que também amam Star Wars. Eu desejo o melhor para você e que a força esteja contigo!”

View post on imgur.com

O novo Star Wars será ambientado 30 anos após o "O Retorno de Jedi". O elenco contará com os protagonistas da série clássica --Harrison Ford, Mark Hamill, Carrie Fisher, Peter Mayhew e Anthony Daniels--, ao lado de novas adições: Daisy Ridley, John Boyega, Oscar Isaac, Lupita Nyong'o, Andy Serkis, Domhnall Gleeson, Max von Sydow, Gwendoline Christie e Adam Driver. O diretor é J.J. Abrams.

No Brasil, o filme tem previsão de estreia para 17 de dezembro de 2015. Segundo estimativas, o longa deve bater todos os recordes de bilheteria no planeta. O site especializado Deadline prevê uma arrecadação de US$ 615 milhões a nível mundial já na abertura.

Assista ao trailer do filme

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

do UOL
Cinema
Roberto Sadovski
do UOL
do UOL
Chico Barney
UOL Cinema - Imagens
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Roberto Sadovski

Roberto Sadovski

As 25 melhores histórias em quadrinhos da Liga da Justiça

Pincelar as melhores histórias da Liga da Justiça é um trabalho complexo. Não pela falta de qualidade, mas pelo contraste: muita coisa entre os primórdios da equipe e o final dos anos 80 tem mais valor por sua inegável importância histórica do que por seus predicados artísticos. O gibi da Liga, afinal, viveu por anos na sombra da animação Superamigos, e isso deixou o tom das histórias mais ingênuo e infantil até a reformulação pós-Crise nas Infinitas Terras. Mas garimpar todas as fases em décadas de aventuras trouxe boas surpresas e ótimas descobertas - além do perceber que, em boas, mãos, a Liga pode ser incrível! A leitura rendeu algumas conclusões. Primeiro, não há absolutamente nada errado em usar histórias de super-heróis para fazer humor! Segundo, o horrendo período dos Novos 52, que privilegiou forma, ignorou substância e fez um flashback sinistro dos primórdios da Image Comics nos anos 90 (urgh), não foi tão cruel com a Liga. Terceiro, pouca gente escreve e entende os herói tão bem quanto Grant Morrisson e Mark Waid. No mais, a Liga da Justiça, em usas diversas encarnações, ainda é aposta certeira quando o assunto é entretenimento - afinal, só uma equipe criativa muito canhestra poderia melar uma mistura de personagens e personalidades e superpoderes tão diversa e tão bacana! Acredite, se os super-heróis mais lendários do mundo sobreviveram a Extreme Justice, nada é capaz de derrotá-los!

Cinema
Colunas - Flavio Ricco
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Cinema - Imagens
do UOL
Reuters
do UOL
do UOL
do UOL
Reuters
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
TV e Famosos
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Roberto Sadovski
UOL Cinema - Imagens
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Reuters
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Topo