PUBLICIDADE
Topo

Para ver "Os Dez Mandamentos", família compra uniforme no Templo de Salomão

Renata Nogueira

Do UOL, em São Paulo

28/01/2016 16h15

Nem Moisés, nem Ramsés. Na falta de personagens caracterizados para a estreia de "Os Dez Mandamentos - O Filme", que chegou nesta quinta-feira (18) aos cinemas brasileiros, em São Paulo apareceram fiéis vestindo, literalmente, a camisa da produção religiosa.  

Antes de chegar à sessão do filme no shopping Boulevard Tatuapé, na zona leste de São Paulo, Lucinei de Ramos levou seus três filhos --Samuel, Isac e Geovani-- e a irmã, Maria do Carmo Silva, ao Templo de Salomão, que pertence à Igreja Universal do Reino de Deus. Lá, eles compraram as camisetas que usavam, com grandes inscrições douradas e a data de estreia do longa, mas não informaram o valor gasto com as roupas. Para as crianças, a vestimenta inclui o logo de um grupo de jovens da Igreja Universal. 

A família saiu de uma das primeiras sessões no local, exibida às 12h45, e elogiaram muito o filme bíblico. Lucinei, que comprou os ingressos com "bastante antecedência pela internet", disse que pretende voltar ainda na noite desta quinta-feira para assistir ao filme novamente com outros parentes.

Salas vazias

"Os Dez Mandamentos - O Filme" chegou aos cinemas com mais de 3 milhões de ingressos vendidos com antecedência em todo o país. Em São Paulo, porém, algumas salas que já estavam com as entradas esgotadas não lotaram.

O Cinemark do shopping Boulevard Tatuapé, na zona leste de São Paulo, teve quatro sessões esgotadas no dia da estreia: 12h45, 15h30, 17h15 e 18h15. O local é um dos preferidos pelo público que mora na região e também um dos mais próximos ao Templo de Salomão, sede da Igreja Universal do Reino de Deus.

O movimento por ali, no entanto, passou longe da lotação. A cinco minutos da primeira sessão, às 11h45, apenas 75 pessoas ocupavam a sala 2, com capacidade para receber um público de 230. Na bilheteria, restava apenas um ingresso para compra. O mesmo fenômeno aconteceu 1h depois, na sessão das 12h45, cujos ingressos estavam esgotados desde o início da pré-venda. Na sala 3, a maior disponível no local, com 353 lugares, um público de cerca de 130 pessoas preenchia as poltronas.