PUBLICIDADE
Topo

Guilherme Fontes volta a viver Alexandre de "A Viagem" para promover filme

Guilherme Fontes "reencarna" seu personagem Alexandre, da novela "A Viagem" - Reprodução
Guilherme Fontes "reencarna" seu personagem Alexandre, da novela "A Viagem" Imagem: Reprodução

Do UOL, em São Paulo

19/02/2016 12h09Atualizada em 20/02/2016 15h53

O ator Guilherme Fontes voltou a viver um dos seus personagens mais famosos da TV. O espírito atormentado de Alexandre, da novela “A Viagem”, agora ajuda o ator a terminar o filme “Chatô – O Rei do Brasil”, que estreou antecipadamente nesta sexta-feira (19) na plataforma de streaming Netflix. O filme estava previsto para estrear apenas no sábado (20).

Divulgado como bastidores do filme, o vídeo é, na verdade, uma brincadeira. O diretor aparece filmando de maneira capenga, em um fundo verde,
algumas cenas do longa-metragem e não deixa de fazer piada com a fama que o filme adquiriu com o tempo.

“Nunca duvidei que no final ia dar tudo certo, eu sabia que ele estava sempre do meu lado”, diz o diretor. Em seguida, ele reaparece por trás das câmeras vestido todo de preto, assim como seu personagem na novela de 1994.

“Chatô” protagonizou um dos momentos mais polêmicos do cinema brasileiro, já que foi lançado nos cinemas em novembro de 2015, quase 20 anos depois do início da produção. Nesse período, o diretor acumulou dívidas astronômicas e chegou a ser acusado de desvio do dinheiro arrecadado via leis de incentivo.

O filme conta a história do magnata das comunicações, Assis Chateaubriand, um "Cidadão Kane brasileiro". Chatô, como era conhecido, foi responsável pela chegada da televisão no Brasil em 1950. Segundo os dados da Rentrak, o filme levou 46 mil espectadores às salas.


Além do catálogo nacional, Chatô - O Rei do Brasil será disponibilizado pela Netflix em países como a Arábia Saudita e os Estados Unidos a partir de outubro.