Topo

Filmes e séries


Tradutor e dublador processa Disney em R$ 1 milhão por direitos autorais

Retiro dos Artistas/Reprodução
O dublador e tradutor Telmo Munch Imagem: Retiro dos Artistas/Reprodução

Do UOL, em São Paulo

2016-06-10T16:16:19

10/06/2016 16h16

Talvez você não conheça seu nome, mas certamente uma das obras para as quais trabalhou tenha marcado sua infância. Telmo Perle Munch, 93, cuidou da tradução e da direção de dublagem no Brasil das principais animações da Disney: "Branca de Neve" (1965), "Pinóquio" (1966), "Bambi" (1969), "Rei Leão" (1994) e "Rei Leão 2 e 3" (ambos de 2000), "A Pequena Sereia" (1990) e "A Pequena Sereia 2" (2000). Ele agora processa o estúdio por direitos autorais em R$ 1 milhão.

Segundo a advogada de Telmo, Ísis Moret Souza Valaziane, a Disney poderia utilizar e comercializar no cinema os desenhos para os quais trabalhou, mas não nos formatos Blu-ray, DVD, Netflix, canais por assinatura e canais da Disney. "No direito autoral, tanto a tradução quanto a direção de dublagem geram uma nova obra e Telmo nunca cedeu esses direitos".

Telmo também é dublador e emprestou a voz ao Pateta, ao Pancinha dos "Ursinhos Gummi", e ao chef Louis de "A Pequena Sereia". Segundo Valaziane, Telmo com o tempo virou o homem de confiança da Disney. "Ele cuidava de todo o processo de dublagem. Fazia a versão em português da obra, dava nome aos personagens, escolhia e dirigia os dubladores. Esse é um trabalho essencial que também tem impacto na aceitação do público", explicou.

A advogada ainda conta que houve uma tentativa de acordo, mas sem sucesso. "Notificamos a Disney, mas eles só responderam em uma folha dizendo que há contratos assinados. No entanto, eles não mostraram esses contratos". O UOL entrou em contato com a Disney, que não respondeu até a publicação desta reportagem.

Telmo não trabalha mais e atualmente vive no Retiro dos Artistas, no Rio de Janeiro. O processo, que corre na Justiça carioca há quase um ano, está em fase de produção de provas. No dia 22 de junho, haverá uma audiência em que Telmo contará sua versão da história. 

Ouça entrevista com o dublador realizada em 2002