Filmes e séries

"Rogue One" e seus segredos: conheça atriz que deu corpo à Princesa Leia

Reprodução/Twitter/@Ingvild_Deila
A atriz norueguesa Ingvild Deila interpretou Prince Leia no spin-off do Star Wars, "Rogue One" Imagem: Reprodução/Twitter/@Ingvild_Deila

Do UOL, em São Paulo

14/03/2017 15h35

Quem assistiu "Rogue One: Uma História Star Wars" percebeu que uma versão jovem de Carrie Fisher teve que ser recriada digitalmente para o papel da Princesa Leia na trama. O que poucos sabem é que foi uma desconhecida atriz norueguesa que interpretou a icônica personagem no primeiro spin-off da saga.

Pela primeira vez, Ingvild Deila falou como foi interpretar Leia e revelou que não sabia qual seria sua participação no filme antes das filmagens. "Eu percebi que estava acontecendo de verdade, porque me mandaram duas cenas de 'Uma Nova Esperança', quando Leia encontra Vader pela primeira vez e o monólogo do holograma", disse a atriz ao jornalista Jamie Stangroom.

A audição para o papel foi simples: bastava falar por três minutos sobre qualquer assunto e ter altura e peso específicos. Deila estudou as cenas durante uma semana, e, após as filmagens, precisou de discrição total por 18 meses até revelar que estava na produção. Tudo isso enquanto o os fãs e o mundo do cinema criavam teorias e prestavam atenção em todos os detalhes do projeto.

A atriz brinca que não acreditava quando começaram a gravar sua parte. "Eu fiquei, tipo. 'Meu Deus, isso está acontecendo? Esses coques são grandes. E eu tinha vários pontos sobre a minha cara, como um peixe exótico. Parecia muito estranha".

Reprodução
Princesa Leia reaparece em cena final de "Rogue One: Uma História Star Wars" Imagem: Reprodução

Polêmicas

Muitos torceram o nariz com o uso de tecnologia para promover a jovem Princesa Leia novamente nos cinemas, afinal, a atriz Carrie Fisher ainda estava viva durante as filmagens do longa.

Driblando as polêmicas, a própria Fisher revelou após a exibição do filme que adorou a homenagem.

Deila admitiu que se a Fisher tivesse falecido antes, seria mais difícil aceitar o papel. "Caso ela fosse contrária não saberia se teria dito sim. Mas se ela estivesse tranquila com isso, acredito que aceitaria o papel. É difícil de saber, teria sido mais complicado.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.title}}

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

do UOL
AFP
do UOL
do UOL
Reuters
Reuters
do UOL
UOL Cinema - Imagens
do UOL
do UOL
redetv
do UOL
EFE
do UOL
do UOL
do UOL
Cinebiografia a caminho
Reuters
UOL Entretenimento
do UOL
do UOL
UOL Entretenimento
do UOL
do UOL
do UOL
Chico Barney
Roberto Sadovski
redetv
redetv
do UOL
EFE
EFE
do UOL
do UOL
Cinema
do UOL
do UOL
do UOL
Reuters
do UOL
do UOL
EFE
EFE
Colunas - Flavio Ricco
Roberto Sadovski
redetv
UOL Cinema - Imagens
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Topo