Topo

Filmes e séries


Machucada, Gal Gadot prova que é a verdadeira Mulher-Maravilha

Divulgação
Cena do filme "Mulher Maravilha", de Patty Jenkins, estrelado por Gal Gadot Imagem: Divulgação

Natalia Engler

Do UOL, em Los Angeles (EUA)*

2017-05-22T04:00:00

22/05/2017 04h00

Dois meses depois de dar à luz sua segunda filha, Maya, Gal Gadot já está na estrada para promover o primeiro filme estrelado pela Mulher-Maravilha, que estreia no Brasil no dia 1º de junho. Mas a atriz israelense de 32 anos não para por aí e prova que ela mesma tem um pouco da heroína: alguns dias depois de machucar as costas carregando sua bebê, lá estava ela para conversar com a imprensa internacional, sorriso no rosto, linda de blusa e calça brancas.

Por conta da lesão (veja abaixo o vídeo publicado pela atriz no Instagram), a agenda de imprensa do filme neste domingo (21) teve que ser enxugada, e uma cadeira alta foi improvisada para Gal responder às perguntas de pé. Mas a atitude positiva da atriz israelense não lembrava em nada a de alguém com dor e desconforto, e ela estava mais falante que seu colega de elenco Chris Pine, sentado a seu lado.

Para a diretora Patty Jenkins, Gal tem realmente “o mesmo espírito da heroína dentro e fora da tela”. “Fico muito lisonjeada. Não sei o que dizer. Ficaria estranho concordar”, comentou a atriz, modesta.

Ela revelou que ainda está se acostumando com a ideia de assumir o papel de ídolo para muitas meninas e meninos. “Não tenho a intenção de ser um modelo para ninguém, mas se você tem essa oportunidade, é muito importante tratar isso com responsabilidade”.

“Tive alguns momentos em que senti que era algo maior do que eu, que eu sou apenas o veículo. Um deles foi quando eu entrei pela primeira vez na ‘terra de ninguém’ [entre as trincheiras dos ingleses e dos alemães, na Bélgica], revelando quem eu sou. Filmamos de uma vez só e me senti muito poderosa”, contou Gal.

A atitude positiva de Gal transparece na tela, e é um dos pontos altos do filme, sobre o qual a imprensa não está autorizada a falar antes do dia 31 de maio. Por enquanto, basta dizer que os fãs podem ficar tranquilos: a primeira aparição na tela grade da heroína criada há mais de 75 anos tem humor e diversão, e arrancou risadas e aplausos na exibição para a imprensa.

“Mulher-Maravilha” reconta a origem da heroína e se passa durante a Primeira Guerra Mundial, quando o espião inglês Steve Trevor (Pine) vai parar sem querer na ilha de Themyscira, onde vivem as Amazonas. Ao tomar conhecimento dos horrores da guerra, Diana sente que é sua missão retornar com ele e ajudar a acabar com o conflito.

Além de Gadot e Pine, o filme tem no elenco Robin Wright, Connie Nielsen, Danny Houston e David Thewlis.

* A jornalista viajou a convite da Warner Bros.