Filmes e séries

China censura beijo gay de Michael Fassbender em "Alien: Covenant"

Divulgação
Michael Fassbender em cena do filme "Alien: Covenant" Imagem: Divulgação

Do UOL, em São Paulo

18/06/2017 12h27

Depois de "Resident Evil" e "Logan", chegou a vez de "Alien: Covenant" ter cenas proibidas nos cinemas da China. Segundo o site da revista "Hollywood Reporter", foi cortado do filme, que estreou na sexta-feira no país, um beijo entre os cyborgs Walter e David, ambos interpretados por Michael Fassbender.

No total, "Alien" estreou por lá com seis minutos a menos do que o formato original. Além do beijo, também foram cortadas cenas em que envolviam sangue. A razão é a mesma apresentada na ocasião da remoção de 14 minutos de "Logan" e de oito minutos de "Resident Evil": material ofensivo e violência gráfica.

"Alien: Covenant", sequência de "Prometheus", é o primeiro filme de uma nova trilogia, que pretende introduzir a história de origem das criaturas. Dirigido e escrito por Ridley Scott, diretor do "Alien" original, o filme estreou em maio no Brasil.

A posição da China sobre conteúdo gay foi inconsistente ao longo dos anos. O filme "Brokeback Mountain", por exemplo, teve seu lançamento negado por lá, apesar de o diretor Ang Lee ser uma estrela  no país. O conteúdo com temas homossexuais também foi rotineiramente bloqueado na televisão e nos serviços de streaming de vídeo.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Roberto Sadovski
do UOL
Reuters
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
EFE
UOL Cinema - Imagens
Cinema
Cinema
Cinema
do UOL
do UOL
do UOL
EFE
do UOL
UOL Cinema - Imagens
UOL Jogos
EFE
BBC
do UOL
do UOL
AFP
EFE
do UOL
do UOL
do UOL
AFP
AFP
do UOL
AFP
EFE
do UOL
Roberto Sadovski
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Topo