Topo

Filmes e séries

Tão atual que impressiona: "Detroit" aborda racismo e violência em 67; veja

Do UOL, em São Paulo

12/09/2017 04h00

Dirigido por Kathryn Bigelow (a primeira mulher a vencer o Oscar de direção com "Guerra ao Terror"), o filme "Detroit" apresenta uma história chocante que continua tão atual quanto os fatos em 1967 nos quais é baseado.

A cidade de Detroit, nos Estados Unidos, vive cinco dias de intensos protestos e violência. Um ataque policial na cidade resulta em um dos maiores e mais intensos tumultos na história do país, levando à federalização da Guarda Nacional de Michigan e ao envolvimento de duas divisões aéreas do Exército dos Estados Unidos.

O trailer exclusivo acima traz o ator John Boyega como o segurança Dismukes, que vira suspeito de assassinar três negros e agredir mais nove pessoas após acusar a polícia de ter comedido os crimes à sangue frio. 

O trailer ainda foca em Krauss, papel de Will Poulter, um policial racista que usa da força extrema para conseguir fazer a lei.

"Detroit" chega aos cinemas brasileiros no dia 12 de outubro. A produção estreou nos cinemas norte-americanos no começo de agosto e foi elogiado pela crítica, principalmente pela atuação fria e cruel de Poulter.

Divulgação
Pôster do filme "Detroit" Imagem: Divulgação

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!