Topo

Filmes e séries

Filme de Danilo Gentili é investigado por Ministério Público de SP

Divulgação
Danilo Gentili posa com atores mirins nos bastidores de filmagem do seu primeiro longa, "Como Se Tornar o Pior Aluno da Escola", que estreia em 2017 Imagem: Divulgação

Do UOL, em São Paulo

24/10/2017 13h27

"Como se Tornar o Pior Aluno da Escola", estrelado e dirigido por Danilo Gentili, está sendo investigado pelo Ministério Público de São Paulo por ter omitido a classificação indicativa do filme em parte das peças de divulgação, informação que é assegurada pelo Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA). O caso foi confirmado ao UOL pela assessoria do MP.

Segundo o inquérito aberto pelo promotor de Justiça Eduardo Dias Ferreira no dia 11 de outubro, "foi realizada pesquisa sobre o material de divulgação da classificação indicativa do mencionado longa-metragem, em especial do trailer e do 'banner'".

O documento acrescenta. "Em ambos, restou constatado que no local apropriado para inserção da classificação etária recomendada havia a frase 'o pior aluno da escola nunca verifica a classificação indicativa do filme'. 

O filme foi avaliado, pelo Ministério da Justiça, como impróprio para menores de 14 anos enquanto o trailer recebeu classificação etária de 12 anos.

O livro homônimo escrito pelo comediante também foi lembrado pelo promotor. O Ministério Público de São Paulo obrigou a editora Original a explicitar na capa da obra que o conteúdo do livro era recomendado para maiores de 18 anos.

"Como se Tornar o Pior Aluno da Escola" estreou nos cinemas brasileiros no último dia 12 e apresenta os estudantes Bernardo e Pedro, que encontram no banheiro do colégio um diário com dicas de como ser um bagunceiro e instaurar o caos na escola. 

Reprodução
Detalhe em pôster de "Como se Tornar o Pior Aluno da Escola", em que a classificação etária do filme é omitida Imagem: Reprodução