PUBLICIDADE
Topo

"3%" vai ter produção mais madura na 2ª temporada; veja teaser

Candidatos são submetidos a um árduo processo seletivo em "3%", série brasileira da Netflix - Pedro Saad/Netflix/Divulgação
Candidatos são submetidos a um árduo processo seletivo em "3%", série brasileira da Netflix Imagem: Pedro Saad/Netflix/Divulgação

Beatriz Amendola

Do UOL, em São Paulo

10/12/2017 12h11

Primeira série brasileira da Netflix, "3%" vai ganhar uma segunda temporada em 2018 --e os fãs podem esperar uma produção mais madura, além de mais relances do Maralto e do Continente, os dois universos totalmente opostos da série.

"A gente amadureceu muito a questão de produção. A gente está vindo com toda a potência que a gente tem. Foi um trabalho mais longo, mas com a mesma paixão do ano passado", contou a atriz Vaneza Oliveira, a Joana da série, durante painel da Netflix na CCXP 2017 (Comic Con Experience), no último sábado (9).

Quando a primeira temporada estreou, no final de 2016, "3%" foi criticada pela produção mais modesta em comparação a outras tramas do serviço de streaming. A série se foca em um grupo de jovens que passa por um árduo processo seletivo para ter a chance de viver no Maralto, um lugar privilegiado.

Os personagens também irão surgir mais maduros na nova temporada. "Na época do Processo a gente era meio adolescente, mas agora a gente tá sendo questionado: se nossas escolhas foram corretas, se dá tempo de mudar. É esse processo", adiantou Vaneza. "Você vai conhecer mais da história dos personagens e a dificuldade que cada um tem de lidar. Esses discursos [sociais] vão ser mais fortes nessa temporada. Tá f*** pra c***", completou.

Bianca Comparato, que vive Michele na produção, entregou que a nova temporada irá começar cinco dias antes do início do Processo e trará respostas para os fãs. "Vai mostrar a origem do Processo e a origem do Maralto", disse a atriz, que ainda vai ter várias cenas de ação: "Pedi e escreveram várias pra mim".