Topo

Oscar


"Mudbound" marca avanço para a Netflix no Oscar

Divulgação
Garrett Hedlund e Jason Mitchell em cena de "Mudbound", da Netflix Imagem: Divulgação

Do UOL, em São Paulo

2018-01-23T15:50:10

23/01/2018 15h50

A Netflix deu mais um passo em sua corrida para conseguir reconhecimento também no cinema. Com “Mudbound – Lágrimas Sobre o Mississipi”, a plataforma de streaming conseguiu suas primeiras indicações ao Oscar fora das categorias de documentário.

Dirigido por Dee Rees, o drama de época contra a história de dois veteranos – um branco, e um negro – que voltam ao Mississipi após a Segunda Guerra Mundial.

A produção foi indicada em quatro categorias: roteiro adaptado, fotografia, canção original (“Mighty River”) e atriz coadjuvante (Mary J. Blige).

As indicações também já são históricas por si. Rachel Morrison é a primeira mulher, nos 90 anos do Oscar, a disputar o prêmio de melhor fotografia; já Blige, que também escreveu “Mighty River”, é a primeira pessoa a ser indicada em uma categoria de atuação e outra de composição no mesmo ano – e é também a primeira atriz a ser indicada em um filme dirigido por uma mulher negra.

Além disso, a Netflix conseguiu três indicações em documentários: "Ícaro" e "Strong Island", em longa-metragem, e "Heroin(e)", em curta-metragem.

Nos últimos anos, a Netflix concorreu ao Oscar com documentários como "What Hapenned, Miss Simone?" e “13th”. Em 2017, o serviço de streaming conseguiu sua primeira vitória na premiação com o documentário em curta-metragem “The White Helmets”.