PUBLICIDADE
Topo

Anitta recebe convite para estrelar "sequência" de "Tropa de Elite"

Os shows no Vale do Anhangabaú no aniversário de 464 anos de São Paulo - Mariana Pekin/UOL
Os shows no Vale do Anhangabaú no aniversário de 464 anos de São Paulo Imagem: Mariana Pekin/UOL

Do UOL, em São Paulo

30/01/2018 17h00

Anitta recebeu uma proposta para ser atriz de um filme policial roteirizado por Rodrigo Pimentel, criador de "Tropa de Elite" (2007), confirmou a assessoria da cantora ao UOL. A dupla está em contato sobre o projeto, mas o papel da popstar ainda não foi decidido.

Segundo informou o jornalista Leo Dias no programa "Fofocalizando" desta terça-feira (30), o novo longa falará sobre as UPPs (Unidades de Polícia Pacificadora) e a popstar do Brasil vai interpretar a policial Larissa, que entra na polícia não por vocação, mas por precisar de um emprego para se sustentar — e descobre que entrou na maior roubada de sua vida.

Ela vê o melhor amigo ser assassinado, prende por duas vezes um criminoso, mas a Justiça o liberta e Larissa decide enfrentar os juízes.

Segundo Leo Dia, a "sequência" de "Tropa de Elite" será produzido pelos experientes Ângelo Salvetti e Cosimo Valério, que acabam de rodar "Chacrinha", em parceria com a Netflix.

O jornalista também informou que Anitta exigiu ser treinada por Fátima Toledo, uma das mais famosas preparadoras de elenco do país. Ela preparou Wagner Moura para "Tropa de Elite" e é conhecida por levar os atores aos limites de dor e sofrimento. A assessoria de Fátima disse ao UOL que não tem conhecimento ainda sobre o filme.

"Tropa de Elite" foi o filme mais falado em 2007. Vazou uma versão pirata antes da estreia mas mesmo assim foi o grande sucesso do ano, arrecadando mais de R$ 20 milhões nas bilheterias e levando 2,4 milhões de pessoas ao cinema.

A sequência, lançada após três anos, bateu recorde ao levar 1,25 milhão de pessoas em seu final de semana de estreia. "Tropa de Elite 2" consagrou-se como a segunda maior bilheteria nacional da história ao levar quase 11 milhões às salas de cinema, perdendo o topo da lista apenas para "Os Dez Mandamentos".