Cinema

Animação "Rio" lidera bilheterias mundiais

LOS ANGELES - "Rio", a animação em 3D sobre as aventuras de uma arara brasileira, decolou nas bilheterias mundiais, arrecadando cerca de 55 milhões de dólares em seu final de semana de estreia, disse a distribuidora no domingo.

Antes de sua estreia na América do Norte na sexta-feira, o lançamento da 20th Century Fox entrou em cartaz em 72 países, ficando em primeiro lugar em quase todos eles.

Entre as maiores vendas estavam a Rússia (10,4 milhões de dólares) e, naturalmente, o Brasil (8,3 milhões de dólares), onde foi a maior estreia da história para uma animação.

TRAILER DO FILME ''RIO''

O desenho conta a história de Blu, uma arara azul (na voz de Jesse Eisenberg, de "A Rede Social"), que retorna ao Brasil depois de uma vida mimada como um animal de estimação nos Estados Unidos.

O filme foi dirigido por Carlos Saldanha, diretor nascido no Rio de Janeiro, responsável pela trilogia "A Era do Gelo". "Rio" foi produzido pelos estúdios Blue Sky e distribuído pela Fox.

Os filmes de animação também reinaram nos Estados Unidos e no Canadá, onde o filme com temática de Páscoa "Hop" ficou em primeiro lugar pelo segundo final de semana, arrecadando 21,7 milhões de dólares entre sexta-feira e domingo, totalizando 68,2 milhões de dólares em 10 dias.

O filme foi produzido pela Illumination Entertainment, empresa de animação que produziu o sucesso do ano passado "Meu Malvado Favorito", e distribuído pela Universal Pictures, unidade da NBC Universal, da Comcast Corp.

(Reportagem de Dean Goodman)

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.title}}

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 
Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Topo