Filmes e séries

"Thor" chega com estrondo no verão cinematográfico dos EUA

03/05/2011 18h03

Por Edwin Chan

BEVERLY HILLS, EUA - "Thor", o primeiro de vários filmes de super-heróis a estrear nos cinemas neste verão na América do Norte, chega às telas dos Estados Unidos na sexta-feira com grandes esperanças depositadas no sucesso do deus nórdico.

Hollywood está rezando que o personagem da Marvel Comics sacuda as bilheterias de 2011, até agora fracas, e infunda nova vida a um gênero de filmes de super-herói que já está começando a parecer cansado, depois que alguns dos nomes mais famosos já ganharam suas franquias.

TRAILER DO FILME "THOR"

"Thor" talvez pareça um candidato improvável para ressuscitar as bilheterias norte-americanas. O membro fundador dos Vingadores originais derrota seus inimigos com um martelo de guerra mágico e a capacidade de convocar raios e trovões.

Mas, uma vez que a maioria dos personagens mais importantes da Marvel e da DC Comics já passaram pelo cinema, Hollywood vem procurando cada vez mais fundo no baú para encontrar personagens que possam dar origem a novas franquias de heróis de ação.

Para o diretor de cinema britânico Kenneth Branagh, cujo nome é mais usualmente associado a Shakespeare, o desafio foi garantir que sua primeira investida no gênero de ação em 3D se destacasse.

"O filme vai em sentido contrário às histórias normais de super-heróis. Não se trata de um homem comum que é picado por uma aranha e ganha poderes sobrenaturais", disse Branagh à Reuters em entrevista. "O que temos aqui é um super-herói - ou, melhor, um deus - que perde todos seus poderes e é obrigado a tentar comunicar-se com o público."

"Thor" tem no elenco o ator premiado com o Oscar Anthony Hopkins e a igualmente premiada Natalie Portman, muito popular entre os fãs de super-heróis.

Além disso, é um dos primeiros filmes do gênero a ser lançado este ano, chegando aos cinemas antes de "Lanterna Verde", mais um "X-Men" e "Capitão América", além de ser um dos poucos filmes originais em uma temporada repleta de sequências como "Velozes e Furiosos 5" e "Se Beber, Não Case! Parte II".

Na versão criada por Branagh do clássico de quadrinhos, o filho de Odin, representado pelo musculoso novato australiano Chris Hemsworth, provoca a ira de seu pai ao reacender um conflito antigo. Ele é destituído de seus poderes e mandado para a terra. Com a ajuda da cientista Jane Foster (Natalie Portman), ele enfrenta a mortalidade e acaba por se redimir.

Rodado em 3D, o filme é repleto de pirotecnia e violência. Mas alguns especialistas talvez questionem se "Thor" - diferentemente de "Homem Aranha" e "Homem de Ferro" - possui a grande base de fãs necessária para arrecadar o suficiente para ser rentável, superando seu custo estimado de 150 milhões de dólares.

Comparado a atores como Christian Bale ("Batman - O Cavaleiro das Trevas") ou Robert Downey Jr. ("Homem de Ferro"), Hemsworth é relativamente desconhecido, além de falar em tom arcaico e duro.

"Thor" já foi lançado na Austrália, Grã-Bretanha, França, Coreia do Sul e dezenas de outros países e já faturou 93 milhões de dólares.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Cinema
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Cinema - Imagens
Cinema
do UOL
UOL Cinema - Imagens
Cinema
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
EFE
EFE
do UOL
Roberto Sadovski
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Entretenimento
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
EFE
EFE
do UOL
UOL Entretenimento
do UOL
do UOL
do UOL
EFE
UOL Entretenimento
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Entretenimento
do UOL
do UOL
AFP
Cinema
do UOL
do UOL
Cinema
Topo