Filmes e séries

Academia não fala sobre o interesse em Oprah para apresentar o Oscar

Brainpix
A apresentadora Oprah Winfrey fala com a imprensa ao chegar ao coquetel de divulgação de seu canal de TV Oprah Winfrey Network, em Pasadena, na Califórnia (6/1/2011) Imagem: Brainpix

08/07/2011 18h53

LOS ANGELES, EUA - Rainha dos talk shows e dona de uma rede de TV a cabo, Oprah Winfrey emergiu como a candidata mais cotada para apresentar a entrega dos prêmios da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas, em fevereiro de 2012, divulgou na sexta-feira o Chicago Sun-Times.

Citando fontes não identificadas da Academia, o jornal disse que os organizadores do evento acham que a presença de Oprah poderia ampliar o público da cerimônia e que, em vista do fato de o talk show de Oprah ter se encerrado há pouco tempo, os organizadores acreditam que ela poderia atrair suas multidões de fãs para a 84a cerimônia de entrega dos Oscar, em fevereiro. Mas oficialmente a Academia não está falando.

"Todo ano há sempre um grande interesse sobre quem apresentará o Oscar", disse a Academia, que entrega os prêmios mais importantes do cinema, em comunicado. "Este é um belo exemplo disso, e até agora, não há nada para comentar sobre quem está ou não está na lista de possíveis apresentadores do Oscar". 

Se Oprah apresentar a entrega dos Oscar, será apenas a terceira mulher a fazê-lo sozinha, depois de Whoopi Goldberg - que o fez quatro vezes - e Ellen DeGeneres.

Este ano, a atriz Anne Hathaway apresentou a cerimônia junto com James Franco, numa tentativa de atrair espectadores mais jovens.

Mas apenas 37,6 milhões de norte-americanos assistiram à cerimônia, fazendo da transmissão uma das festas da Academia de menor audiência dos últimos dez anos. A audiência foi quase 10 por cento inferior ao público de 41,7 milhões de telespectadores que acompanhou o evento no ano passado, quando os apresentadores foram Steve Martin e Alec Baldwin.

O humorista Letterman apresentou o evento em 1995 e foi alvo da crítica por sua performance, a começar com um trecho cômico mal recebido no qual ele apresentou Oprah Winfrey à atriz Uma Thurman, dizendo "Oprah, Uma; Uma, Oprah", porque ambas têm primeiros nomes incomuns.

(Reportagem de Zorianna Kit)

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.title}}

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Estadão Conteúdo
do UOL
UOL Cinema - Imagens
do UOL
UOL Cinema - Imagens
redetv
redetv
do UOL
AFP
do UOL
do UOL
Reuters
Reuters
do UOL
UOL Cinema - Imagens
do UOL
do UOL
redetv
do UOL
EFE
do UOL
do UOL
do UOL
Cinebiografia a caminho
Reuters
UOL Entretenimento
do UOL
do UOL
UOL Entretenimento
do UOL
do UOL
do UOL
Chico Barney
Roberto Sadovski
redetv
redetv
do UOL
EFE
EFE
do UOL
do UOL
Cinema
do UOL
do UOL
do UOL
Reuters
do UOL
do UOL
EFE
EFE
Colunas - Flavio Ricco
Topo