Filmes e séries

Filme em espanhol fatura US$ 10 mi em feriado e bate recorde nos EUA

Ronald Grover

Los Angeles (EUA)

03/09/2013 11h29

"No se Aceptan Devoluciones", filme falado em espanhol e legendado em inglês, faturou 10 milhões de dólares nos Estados Unidos durante os quatro dias do feriado prolongado do Dia do Trabalho, tornando-se o filme em espanhol com melhor estreia nos EUA, sinalizando o potencial do mercado hispânico para Hollywood.

Eugenio Derbez, 52 anos, astro da TV mexicana, interpreta um playboy de Acapulco que se vê obrigado a criar um bebê deixado à sua porta. "No se Aceptan Devoluciones" foi o quinto filme mais visto no feriado prolongado dos EUA, apesar de estar apenas em 347 salas, segundo o site Hollywood.com.

Isso significa uma média de US$ 28,818 por cópia, mais do que o quádruplo do resultado obtido por "O Mordomo", que teve a maior bilheteria do feriadão.

"Ninguém anteviu isso", disse Paul Dergarabedian, presidente da divisão de bilheterias da Hollywood.com. "Um conceito fofo e orientado para a família, com uma ótima campanha de marketing."

O filme está sendo distribuído pela Pantelion, joint-venture do estúdio Lionsgate com a rede mexicana de TV Televisa. O objetivo dessa distribuidora é explorar o mercado hispânico dos EUA, responsável no ano passado por 10,9 milhões de ingressos vendidos, ou 26% do total, segundo a MPAA (entidade que reúne grandes estúdios de cinema).

"Os hispânicos são os que mais frequentam os cinemas, já que representam 18% da população frequentadora, mas contabilizam 25% de todos os filmes vistos", disse a empresa de pesquisas Nielsen num estudo em separado.

"Os hispânicos foram também o único grupo demográfico que foi mais ao cinema em 2012 do que no ano anterior -9,5 filmes em média, contra 8,5 em 2011."

Para divulgar "No se Aceptan Devoluciones", a Pantelion colocou anúncios em canais de TV em espanhol, como Univision e Telemundo, além de redes sociais muito usadas pela população hispânica, como Fandango e Facebook.

Outro ponto forte é o próprio Derbez, que divulgou o filme para seus 3,2 milhões de seguidores no Twitter, além de receber 1,5 milhão de "curtidas" na sua página oficial do Facebook.

"Ele (Derbez) é o maior astro do qual você nunca ouviu falar", disse Paul Presburger, executivo-chefe da Pantelion. "A força desse filme é que ele teve um grande boca a boca, e ele é uma grande parte disso."

Antes de "No se Aceptan Devoluciones", o filme em espanhol de maior sucesso na estreia era "O Labirinto do Fauno", do cineasta mexicano Guillermo del Toro, que faturou US$ 4,5 milhões no seu fim de semana inicial, em 2007.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Reuters
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Cinema
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Cinema - Imagens
Cinema
do UOL
UOL Cinema - Imagens
Cinema
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
EFE
EFE
do UOL
Roberto Sadovski
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Entretenimento
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
EFE
EFE
do UOL
UOL Entretenimento
do UOL
do UOL
do UOL
EFE
UOL Entretenimento
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Entretenimento
do UOL
do UOL
Topo