Cinema

Leilão de itens de "Senhor dos Anéis" tem espada de Frodo e pés de hobbit

Divulgação
Espada de Frodo tem valor estimado em US$ 100 mil imagem: Divulgação

Piya Sinha-Roy Los Angeles (EUA)

 Você já pensou em experimentar os pés peludos dos hobbits ou de brandir a espada de Frodo? Fãs de "O Senhor dos Anéis" terão a oportunidade de adquirir esses e outros objetos associados à trilogia cinematográfica de Peter Jackson, baseados na obra de J.R.R. Tolkien, anunciou a casa de leilões Juliens, de Beverly Hills, nesta segunda-feira (7).

O leilão será em 5 de dezembro, e os organizadores calculam uma arrecadação de US$ 1 milhão a US$ 1,5 milhão com os 80 lotes.

Um dos itens mais curiosos é a prótese que imita os pés peludos dos hobbits, e que foi usada por um dos principais personagens da série, Samwise Gamgee. O valor estimado é de US$ 15 mil a US$ 30 mil.

"Já faz mais de uma década desde que os primeiros filmes da trilogia foram lançados, e nesse período só um punhado de itens desses filmes foi publicamente oferecido para venda", disse Martin Nolan, diretor-executivo da Juliens.

A espada do protagonista Frodo Baggins tem seu preço avaliado em US$ 100 mil a US$ 200 mil. Uma vara de condão do mago Gandalf deve sair por US$ 50 mil a US$ 70 mil.

Nova trilogia
Depois do sucesso da trilogia de "O Senhor dos Anéis", o diretor Peter Jackson assumiu a adaptação para o cinema do livro "O Hobbit", prólogo da saga cujo protagonista é Frodo.

"O Hobbit", que tem apenas um volume na literatura, também ganhou uma trilogia, que já custou US$ 561 milhões de dólares (cerca de 1,23 bilhão) até agora a Warner Bros., o dobro da quantia utilizada para fazer os três filmes de "O Senhor dos Anéis" --que custou cerca de US$ 281 milhões (cerca de R$ 618 milhões).

Além de não considerar o terceiro filme, que será lançado em 2014, o custo da nova trilogia não considera pós-produção, o que deve tornar as cifras ainda mais estratosféricas. Para filmar a trilogia, a Warner Bros. criou uma empresa na Nova Zelândia, a 3 foot 7 Ltd.

Enquanto a saga "O Senhor Dos Anéis" arrecadou US$ 3 bilhões no mundo, o primeiro longa da franquia "O Hobbit" chegou a US$ 1 bilhão, segundo maior retorno entre os longas baseados na literatura de Tolkien, atrás só de "O Retorno do Rei" (US$ 1,9 bilhão).

Parte dos altos custos pode ser creditada ao uso da técnica 3D de 48 quadros por segundo, o dobro do usado tradicionalmente em Hollywood, dando mais qualidade à imagem e aos movimentos.

Inspirado no romance de Tolkien, "O Hobbit: A desolação de Smaug", segundo filme da trilogia chegará aos cinemas em dezembro.

$!$render-component.split('/')[$math.sub($render-component.split('/').size(), 1)]

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.title}}

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 
Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Topo