Filmes e séries

Angelina Jolie vai dirigir filme sobre defensor de elefantes africanos

ZumaPress
Angelina Jolie, que vai dirigir filme sobre defensor de elefantes africanos Imagem: ZumaPress

Mary Milliken

De Los Angeles (EUA)

19/09/2014 18h01

A atriz e cineasta Angelina Jolie foi contratada para dirigir "Africa", longa-metragem sobre o paleoantropólogo e conservacionista Richard Leakey e sua campanha contra os ladrões de marfim que ameaçam os elefantes africanos.

O filme, a quarta incursão de Jolie na direção, é da Skydance Productions, produtora responsável pelas franquias "O Exterminador Do Futuro" e "Missão: Impossível". O roteiro é de Eric Roth, que conquistou um Oscar por "Forrest Gump".

"Durante a maior parte da minha vida, senti uma ligação profunda com a África e sua cultura", declarou Jolie em um comunicado.

Leakey, disse ela, emergiu de um conflito violento com matadores de elefantes "com uma compreensão profunda da marca humana e uma noção profunda de responsabilidade pelo mundo ao seu redor".

O executivo-chefe da Skydance, David Ellison, filho do fundador da Oracle Corp, Larry Ellison, disse: "O tema me toca muito, e sei que o filme irá superar minhas expectativas nas mãos de Angelina".

Jolie terá a companhia do cinematógrafo Roger Deakins, que também trabalhou com ela em seu próximo lançamento, "Unbroken", biografia da Universal Pictures sobre Louis Zamperini, o corredor olímpico que se tornou herói de guerra e que estreia em dezembro.

Em julho a Universal informou que adquiriu os direitos mundiais de "By the Sea", drama de Jolie em fase de produção, escrito e dirigido pela atriz e co-estrelado por ela e seu marido, Brad Pitt.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

do UOL
do UOL
UOL Cinema - Imagens
Cinema
do UOL
AFP
do UOL
Reuters
AFP
do UOL
Reuters
do UOL
Reuters
do UOL
BBC
do UOL
Chico Barney
do UOL
do UOL
UOL Cinema - Imagens
UOL Entretenimento
Cinema
do UOL
AFP
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Reuters
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
AFP
do UOL
Cinema
Roberto Sadovski
do UOL
do UOL
Chico Barney
UOL Cinema - Imagens
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Roberto Sadovski

Roberto Sadovski

As 25 melhores histórias em quadrinhos da Liga da Justiça

Pincelar as melhores histórias da Liga da Justiça é um trabalho complexo. Não pela falta de qualidade, mas pelo contraste: muita coisa entre os primórdios da equipe e o final dos anos 80 tem mais valor por sua inegável importância histórica do que por seus predicados artísticos. O gibi da Liga, afinal, viveu por anos na sombra da animação Superamigos, e isso deixou o tom das histórias mais ingênuo e infantil até a reformulação pós-Crise nas Infinitas Terras. Mas garimpar todas as fases em décadas de aventuras trouxe boas surpresas e ótimas descobertas - além do perceber que, em boas, mãos, a Liga pode ser incrível! A leitura rendeu algumas conclusões. Primeiro, não há absolutamente nada errado em usar histórias de super-heróis para fazer humor! Segundo, o horrendo período dos Novos 52, que privilegiou forma, ignorou substância e fez um flashback sinistro dos primórdios da Image Comics nos anos 90 (urgh), não foi tão cruel com a Liga. Terceiro, pouca gente escreve e entende os herói tão bem quanto Grant Morrisson e Mark Waid. No mais, a Liga da Justiça, em usas diversas encarnações, ainda é aposta certeira quando o assunto é entretenimento - afinal, só uma equipe criativa muito canhestra poderia melar uma mistura de personagens e personalidades e superpoderes tão diversa e tão bacana! Acredite, se os super-heróis mais lendários do mundo sobreviveram a Extreme Justice, nada é capaz de derrotá-los!

Topo