UOL Entretenimento Cinema
 
08/03/2010 - 18h40

Kathryn Bigelow diz que James Cameron é inspirador

  • REUTERS/Gary Hershorn

    A reação dos diretores e ex-casal Kathryn Bigelow e James Cameron ao anúncio do Oscar de melhor direção, que ficou com a diretora de "Guerra ao Terror" (07/03/2010)

Kathryn Bigelow foi uma verdadeira comandante ao transportar o cru e seco thriller “Guerra ao Terror” à tela de cinema. Após seu filme triunfar nos prêmios da Academia com seis Oscars e ela se tornar a primeira mulher a vencer a categoria de melhor direção, Bigelow graduou-se em diplomacia ao esquivar-se de perguntas desagradáveis disparadas por repórteres no final da cerimônia.

Um dos rivais da cineasta nas principais categorias do Oscar era um homem do seu passado, o ex-marido James Cameron, cuja ficção-científica “Avatar” também foi indicada para melhor filme e melhor direção. Ambas vencidas por ela.

Nos bastidores, Bigelow manejou muito bem as perguntas dos jornalistas sobre Cameron, que estava sentado logo atrás dela e participou da ovação enquanto ela recebia o Oscar de direção.

“Jim é muito inspirador. Acredito que ele inspira cineastas ao redor do mundo, e sobre isso, acho que posso falar em nome de todos. Somos bastante agradecidos a ele”, disse Kathryn Bigelow.

Quando interrogada sobre o que falaria para Cameron sobre ganhar dele, a americana deu uma gargalhada e se esquivou da questão. “Você me deixou sem palavras”, completou.

 

(Por David Germain)

Compartilhe:

    Siga UOL Cinema

    Sites e Revistas

    Arquivo

    Hospedagem: UOL Host