UOL Entretenimento Cinema
 

Ficha completa do filme

Suspense

O Bebê de Rosemary (1968)

Resenha por Rubens Ewald Filho

Rubens Ewald Filho

Especial para o UOL Cinema 01/01/2002
Nota 5

Um dos melhores trabalhos do diretor Polanski adaptando fielmente um famoso best-seller de Ira Levin (lançado como livro aqui com o título de "A Semente do Diabo").

O grande achado do filme é tornar o terror real embora seja também uma paráfrase da mitologia cristã, não é um bebê qualquer é um anti-cristo, gerado pela Magia Negra, pelo sêmen do diabo.

Polanski, um judeu e ateu confesso, também acerta ao não mostrar a bruxaria como curiosidade (há um plano rapidíssimo do diabo que poucos conseguiam ver no cinema). Com um clima excepcional, para o qual contribui o edifício onde eles moram, que é o mesmo onde John Lennon morava e diante do qual foi assassinado.

Há também uma excelente interpretação de Mia (que sofre uma transformação física impressionante durante o filme; por causa dele, ela foi abandonada pelo marido Frank Sinatra que pediu o divórcio).

É um dos melhores filmes de terror psicológico já feitos, transcendendo o gênero. Premiado com o Oscar de Atriz Coadjuvante (para a veterana Ruth Gordon,1895-1985), foi indicado também como Roteiro (do próprio Polanski).

Compartilhe:

    Siga UOL Cinema

    Sites e Revistas

    Arquivo