UOL Entretenimento Cinema
 

Ficha completa do filme

Animação

Uma Grande Aventura (1978)

Resenha por Rubens Ewald Filho

Rubens Ewald Filho

Especial para o UOL Cinema 01/01/2002
Nota 1

Estranho lançarem em DVD este desenho no Brasil. Pode até ser um clássico da animação, mas não para crianças. Uma história triste, totalmente desprovida de humor, nem um pouco atrativa, violenta (muitas cenas com sangue, tanto que a censura é 12 anos), e ainda por cima não vem dublado em português. No fundo é uma grande fábula, daquelas estilo Esopo.

O prólogo é contado num tipo diferente de animação, mais estilizada, simbólica, onde um certo Deus (eles usam uma denominação árabe, mas quer dizer algo/alguém superior que criou o céu, a Terra, a vida) concebeu no início todos os animais como coelhos, mas por um castigo dado ao príncipe dos coelhos, ele transformou os outros do bando em várias espécies diferentes, justamente as que são predadoras de coelhos. Surgiram gaviões, raposas, cachorros, mas em compensação deu-lhe pernas longas e muita força para ser o mais rápido de todos.

Quando começa a história, já com visual diferente, mais tradicional (o começo é bonito, ainda nos créditos iniciais onde vemos só paisagens e um movimento de câmera através das árvores), um dos coelhos tem um mau pressentimento e leva uma turma com ele para achar um lugar mais seguro para viverem. Acabam conhecendo a realidade dura do mundo exterior, o perigo dos homens, outros animais e até mesmo coelhos maus, de outras espécies.

Baseado no best-seller de Richard Adams, pode até ter uma bela moral da história, mas duvido que alguma criança (que já saiba ler legendas) tenha paciência para assisti-lo. Então, adultos habilitem-se.

Compartilhe:

    Siga UOL Cinema

    Sites e Revistas

    Arquivo