UOL Entretenimento Cinema
 
24/01/2010 - 11h17

"Bastardos Inglórios" e Bullock são grandes vencedores do SAG

Por Jill Serjeant
LOS ANGELES (Reuters) - "Bastardos Inglórios", do diretor Quentin Tarantino, conquistou no sábado seu maior prêmio até agora, levando o prêmio principal do Screen Actors Guild (SAG).

Jeff Bridges e Sandra Bullock foram saudados como melhor ator e atriz de 2009, em uma noite em que nenhum filme dominou a competição, mas que abriu caminho para as duas estrelas brilharem no Oscar em março.

"Bastardos Inglórios", sobre a 2a Guerra Mundial, ganhou o prêmio pelo melhor elenco, que conta com estrelas internacionais como o norte-americano Brad Pitt, a alemã Diane Kruger e o austríaco Christoph Waltz, que também acrescentou o troféu SAG, de melhor ator coadjuvante, a sua enorme coleção de prêmios.

O filme de Tarantino já havia conquistado uma série de prêmios da crítica de cinema, mas nenhum tão prestigiado como esse escolhido por 120 mil membros do SAG. Os prêmios são geralmente vistos como um indicador do que ocorrerá no Oscar, maior premiação da indústria cinematográfica.

Mas "Avatar", que ganhou um Globo de Ouro e mais de 1,6 bilhão de dólares nas bilheterias mundiais, não concorreu no SAG, cujos membros tendem a premiar o talento na atuação e não aventuras de ação.

Bullock, anteriormente conhecida por comédias românticas, venceu por seu papel dramático como uma mãe rica que leva um jogador de futebol americano negro para casa em "The Blind Side". "Se você olhar para a minha carreira, ninguém poderia ter previsto isso", disse ela a jornalistas, referindo-se aos prêmios que ganhou por sua atuação.

Aplausos

O papel de Bridges como um cantor de country bêbado em "Crazy Heart" recebeu os melhores elogios de sua carreira, que começou quando ele ainda era um bebê. Ele foi aplaudido de pé no sábado.

"Eu amo ser um ator, fingir estar na pele de outras pessoas", disse ele.

"Bastardos Inglórios" venceu os concorrentes "Precious", "The Hurt Locker" e o britânico "An Education", além do musical "Nine".

Waltz ganhou o seu primeiro SAG como ator coadjuvante no papel de oficial nazista em "Bastardos Inglórios". Já a atriz de comédias Mo'Nique levou o prêmio de melhor atriz coadjuvante pelo papel de uma mãe abusiva em "Precious".

(Reportagem adicional de Alex Dobuzinskis)

Compartilhe:

    Siga UOL Cinema

    Sites e Revistas

    Arquivo

    Hospedagem: UOL Host