UOL Entretenimento Cinema
 
14/06/2010 - 07h03

"Ainda me vejo como um moleque", diz Jackie Chan, o mestre do novo "Karatê Kid"

ANA MARIA BAHIANA
Especial para o UOL, de Los Angeles
  • Jackie Chan e Jaden Smith em cena da refilmagem de Karatê Kid

    Jackie Chan e Jaden Smith em cena da refilmagem de "Karatê Kid"

A primeira reação de Jackie Chan quando Will Smith lhe propôs uma refilmagem de “Karatê Kid” foi: “Não! Estou muito velho para o papel!”. “Will ficou parado de boca aberta”, diz Chan, rindo ainda quando se lembra do encontro num restaurante de Beverly Hills, no início de 2008. “É claro que ele estava pensando em mim para o Mestre, e não para o garoto. Mas estou tão acostumado a fazer o papel do aprendiz em filmes de artes marciais que imediatamente me vi no papel do garoto. Confesso que não tenho muita consciência da minha idade. Eu ainda me vejo como um moleque.”

ASSISTA AO TRAILER DE "KARATÊ KID"

Esse espírito brincalhão e sábio é um dos atrativos do novo “Karatê Kid”, onde Jackie Chan recria o papel do mestre do filme original [de 1984] por Pat Morita, com Jaden Smith – filho de Will Smith e Jada Pinkett – como seu relutante aprendiz, personagem vivido por Ralph Macchio 26 anos atrás. O envolvimento de Chan possibilitou tambem a outra grande novidade do filme – um grau maior de autencidade, com a maior parte de sua filmagem realizada em Pequim, com o apoio integral do co-produtor China Film Group, a empresa estatal chinesa. “Para mim, foi mais que a felicidade de voltar para casa, foi a possibilidade de mostrar meu país como ele é, hoje”, diz Chan, que nasceu em 1954 na então colônia britânica de Hong Kong. “A cultura chinesa é muitas vezes milenar mas, como nação moderna, somos muito jovens, temos apenas 60 anos. Temos muito que aprender. Ter uma produção americana do nível deste filme rodando na China nos dá a dupla oportunidade de aprender e de poder mostrar ao mundo como somos, hoje.”

MAKING OF DE "KARATÊ KID"

Uma vez convencido por Will Smith a ser o “Mr Han” do novo “Karatê Kid” (que agora se chama Dre) , coube a Chan a tarefa de treinar Jaden para viver com o máximo de realismo a saga do menino fracote que, colocado num ambiente hostil – a Pequim para onde sua mãe é transferida pela empresa automobilística onde trabalha – descobre nas artes marciais seu instrumento de redenção e auto-descoberta. “Gosto muito de 'Karatê Kid', mas tenho que dizer que as lutas não estão tecnicamente corretas”, Chan explica. “Compreendo isso– nos anos 80, quando comecei a mostrar meu estilo de luta aqui nos Estados Unidos, os produtores não gostavam e diziam: 'As platéias não querem ver tantos movimentos, eles querem saber quem ganha e quem perde, um golpe só, bam!'. Esse é o problema do 'Karatê Kid' de 1984. Muitas posturas e movimentos não são de karatê, não são de artes marciais. Mas funcionam dramaticamente, então, para o filme é o que interessa.”

EFE: "KARATÊ KID" SERÁ LANÇADO NA CHINA COMO "KUNG-FU KID"

Agora, Chan diz com satisfação, o estilo chinês de lutar não apenas é compreendido como é a estética dominante da cultura pop de ação. Fazer seu jovem discípulo compreender os movimentos do king fu não foi difícil. “Jaden é extremamente disciplinado e dedicado ao que faz”. O pior, ele diz, foram os pais. “Crianças perto dos pais reagem de modo diferente. Ainda mais se os pais são famosos”, Chan diz, medindo as palavras com cuidado. “Compreendo. Jaden é um filho querido de pais muito famosos. Acho que ele ainda não viu muito do mundo à sua volta. No começo, na China, ele tinha muito medo de tudo. Foi preciso muita paciência para vencer isso. E tambem muito trabalho, meu e da produção, para ensaiar exaustivamente todos os movimentos e cenas de luta até ter certeza de que ninguém se machucaria.”

Chan pausa um pouqinho e ri quase imperceptivelmente. “Sabe, se eles tivessem deixado Jaden em minha companhia durante três meses, e eu pudesse levá-lo por toda a China, ele voltaria para casa um garoto muito diferente, muito mais maduro. Um verdadeiro aprendiz de kung fu. Mas… isso é Hollywood, não é?”

 

Compartilhe:

    Siga UOL Cinema

    Sites e Revistas

    Arquivo

    Hospedagem: UOL Host