23/05/2011 - 13h33

Conheça os novos rostos de Hollywood que se projetaram em Cannes

THIAGO STIVALETTI
Colaboração para o UOL, de Cannes
  • Anne-Christine Poujoulat/AFP

    Ryan Gosling é o protagonista de "Drive"

RYAN GOSLING


Esse canadense de 30 anos já foi indicado ao Oscar de melhor ator em “Half Nelson – Encurralados” (2006). No ano passado em Cannes, ele chamou a atenção ao fazer par romântico com Michelle Williams em “Namorados para Sempre”, que estreia em 10 de junho. Neste ano, com “Drive”, Gosling ganhou ainda mais respeito dos críticos ao encarnar um motorista que quase nunca abre a boca, dando conta sem diálogos de um personagem que é ao mesmo tempo um psicótico violento e um romântico apaixonado. Em agosto, ele aparece bem à vontade na comédia romântica “Amor à Toda Prova”, ao lado de Julianne Moore e Steve Carell.

  • François Guillot/AFP

    Jessica Chastain em Cannes

 

JESSICA CHASTAIN

Essa linda californiana de 30 anos precisou esperar três anos para ver seu rosto na tela – tempo que o diretor Terrence Malick levou montando “A Árvore da Vida”, em que faz a esposa carinhosa e compreensiva de Brad Pitt. Mas 2011 será mesmo o seu ano: em Cannes, ela ainda brilhou em “Take Shelter”, filme mais premiado da Semana da Crítica, no qual interpreta a esposa de um homem acometido por visões apocalípticas. Ainda este ano, ela poderá ser vista como a versão mais jovem do personagem de Helen Mirren no thriller de espionagem “A Dívida”, ao lado de Sam Worthington (“Avatar”).

  • Ian Langsdon/EFE

    Henry Hopper estrelou “Restless”, de Gus Van Sant

 

HENRY HOPPER

O belo filho de Dennis Hopper bem que pensou em não seguir a carreira do pai, mas não resistiu ao convite para estrelar um filme de Gus Van Sant. Em “Restless”, exibido no festival, ele é um moço lindo, gentil e melancólico que gosta de frequentar funerais e se apaixona por um garota com câncer (Mia Wasikowska, de “Alice no País das Maravilhas”). Henry leu o roteiro do filme bem na época em que seu pai lutava contra o câncer – Dennis morreu no ano passado. Ainda lhe falta maturidade como ator, mas a beleza e o carisma devem trazer novos convites.

  • Ian Langsdon/EFE

    A atriz americana Mary Olsen posa para fotos no 64º Festival de Cannes

 

ELIZABETH OLSEN

As gêmeas Ashley e Mary-Kate Olsen podem lá fazer seus filminhos e bombar na internet, mas a caçula Elizabeth acabou de tomar a dianteira da família. Ela encara um papel pra lá de difícil como a moça que leva todos os nomes do filme “Martha Marcy May Marlene”. Martha, ou Marcy May, é uma garota que segue um namorado maluco que lidera uma seita de fanáticos. Dois anos depois, ela volta para para a casa da irmã com a cabeça totalmente transtornada. Neste ano, Elizabeth ainda aparece na comédia dramática “Peace, Love & Misunderstading”, ao lado de Jane Fonda e Chace Crawford (da série “Gossip Girl”).

  • Divulgação

    Alexander Skarsgard como Eric em "True Blood"

 

ALEXANDER SKARSGARD

O sueco ficou conhecido como o charmoso vampire Eric da série “True Blood”, da HBO. Seu pai, Alexander Skarsgard, participou de inúmeros filmes de Lars Von Trier, como “Ondas do Destino”. Agora, foi a sua vez de trabalhar com Von Trier, como o noivo da moça melancólica vivida por Kirsten Dunst. Neste ano, ele ainda aparece no thriller “Straw Dogs”, refilmagem de “Sob o Domínio do Medo” (1971), e no ano que vem em “Battleship”, filme sobre uma batalha naval que estrela ao lado de Liam Neeson e da cantora Rihanna.

  • Getty Images

    Atriz de "Sleeping Beauty", Emily Browning vai à Cannes

 

 

EMILY BROWNING

Essa ruivinha australiana de apenas 22 anos não está pra brincadeira. Emily emendou três filmes em que interpreta garotas pra lá de perturbadas. Ela sai de um sanatório para reencontrar a irmã em “O Mistério das Duas Irmãs”. Entra no sanatório e começa a alucinar em “Sucker Punch – Mundo Surreal”. Em “Sleeping Beauty” (A Bela Adormecida), exibido em competição em Cannes, ela é uma garota que topa tomar sonífero para oferecer seu corpo dormente a clientes muito, muito bizarros. Alguma chance de a vermos numa comédia romântica? Por enquanto não...

  • Getty Images

    O ator Michael Shannon posa para foto no Festival de Sundance

 

 

MICHAEL SHANNON

Nascido no Kentucky, Shannon não é nenhum jovenzinho – tem 34 anos e trabalha no cinema há 18. Também conhecido por seus personagens perturbados, como em “Possuídos” (Bug, de 2006), ele filmou com o grande Werner Herzog (“Vício Frenético) e foi indicado ao Oscar de ator coadjuvante em “Foi Apenas um Sonho” (2009). Em Cannes, ele brilhou com mais um papel neurótico, o operário em crise existencial que começa a ter visões apocalípticas no premiado “Take Shelter”. Agora, ele se prepara para entrar no mundo dos blockbusters como o vilão General Zod de “Man of Steel” (Homem de Aço), filme que vai retomar as aventuras do Superman.

  • Gabriel Bouys/AFP

    Tom Hiddleston despontou como o irmão malvado de "Thor"

 

TOM HIDDLESTON

De rosto misterioso e entonação de Shakespeare, este britânico acabou de despontar como Loki, o irmão perverso de “Thor”. Em Cannes, ele apareceu numa pequena e divertida participação como o escritor Scott Fitzgerald, autor de “O Grande Gatsby”, no novo filme de Woody Allen, “Meia-Noite em Paris”. Em 2012, ele retoma o vilão Loki em “Os Vingadores”, filme que vai reunir os quatro grandes heróis da Marvel (Thor, Homem de Ferro, Hulk e Capitão América), além de Scarlett Johansson como a Viúva Negra.