21/07/2011 - 12:14 - Atualizado em: 21/07/2011 - 14:44

Conheça dez fatos curiosos sobre o ator Robin Williams

Da Redação
News-image

Veja Álbum de fotos

No aniversário de 60 anos de Robin Williams, famoso por comédias como "Uma Babá Quase Perfeita" (1993) e "The Birdcage - A Gaiola das Loucas" (1996), e filmes sérios como "Gênio Indomável" (1997) e "O Homem Bicentenário" (1999), conheça dez fatos curiosos sobre sua carreira:

Robin McLaurim Williams nasceu em 21 de julho de 1951, em Chicago. Tem 1,73 metros de altura e começou a estudar ciências políticas antes de ir estudar teatro na escola Juilliard. Por ser uma criança gordinha, ele diz que ninguém queria brincar com ele; foi então que começou a inventar vozes diferentes para se divertir.
Durante as filmagens do seriado "Mork & Mindy" (1978), Willians começou a improvisar tanto e tão bem em cima do roteiro que os produtores pararam de pedir para ele se manter fiel ao script. Nos próximos textos, eles começaram a deixar a parte do personagem do ator em branco, apenas indicando onde ele aparecia.
Williams estudou na Juilliard com o ator Christopher Reeve; os dois foram grandes amigos até a morte dele, em 2004. Uma semana após Reeve sofrer o trágico acidente de cavalo que o deixou tetraplégico, em 1995, Robin o visitou no hospital. Ele apareceu para o amigo vestido com trapos, com um sotaque russo e uma máscara cirúrgica, e começou a agir como se fosse um médico. Depois de tirar a máscara, Reeve disse que aquela foi a primeira vez que ele riu desde o acidente.
Depois de ganhar o Oscar de ator coadjuvante por "Gênio Indomável", ele mandou uma miniatura da estatueta do Oscar ao dublador alemão Peer Augustinski. Junto com o mimo, havia a seguinte nota: "Obrigado por me fazer famoso na Alemanha".
Em uma votação no colégio em que estudou, na Califórnia, ele foi escolhido por seus colegas como aquele que tinha a menor probabilidade de ter sucesso na vida. A previsão dos jovens californianos falhou, pelo visto...
O ator foi cotado para fazer Joe Miller, o advogado do protagonista portador de Aids de "Philadelphia" (1993), de Jonathan Demme. No entanto, Denzel Washington acabou sendo o escolhido.
Em 1996, Williams atingiu a difícil marca de ter atuado em dois filmes que alcançaram arrecadação de US$ 100 milhões na mesma semana: Jumanji (1995) e "The Birdcage - A Gaiola das Loucas".
O ator é fã da série de comédias "Monty Python's Flying Circus" (1969), que originaram os posteriores filmes do grupo.
Williams gosta de andar de bicicleta e, de vez em quando, treina com o ciclista Lance Armstrong, que já venceu o Tour de France por sete vezes consecutivas (1999-2005).
Foi oferecido a ele o papel de "Charada" em "Batman Eternamente" (1995), que viria a ser feito por Jim Carrey.