03/09/2011 - 07h00

Filmes brasileiros "Transeunte" e "Tropicália" marcam presença no Festival de Telluride, nos EUA

Da Redação

Os longas "Transeunte", de Eryk Rocha, e "Tropicália", de Marcelo Machado, estarão no Festival de Telluride, nos Estados Unidos. Apesar de não ser um dos maiores festivais de cinema, o evento, que vai de 2 a 5 de setembro, tem a tradição de receber primeiro filmes consagrados em grandes premiações. "O Discurso do Rei" e "Quem Quer Ser Um Milionário", ambos vencedores do Oscar, foram exibidos primeiro lá, assim como o clássico "Veludo Azul", de David Lynch.

Trailer de "Transeunte"

A longa ficcional "Transeunte", que está atualmente em cartaz, conta a história de Expedito, um aposentado solitário que acaba de perder a mãe, com quem vivia. Solteiro e sem filhos, tem na sobrinha o único vínculo com outra pessoa. O longa ganhou prêmios de melhor ator, som e crítica no Festival de Brasília; público no Festival de Cinema Latino-Americano; troféu Cidade de Gramado de melhor longa nacional em Gramado; e, ainda, menção honrosa e melhor longa pelo juri jovem no VII Panorama Coisa de Cinema, festival de Salvador.

"Tropicália", um documentário, conta uma história do Tropicalismo entre os anos de 1967, 1968 e 1969, com entrevistas e imagens de arquivo, algumas recentemente restauradas dos Festivais de Música Popular Brasileira, exibidos na Record. Caetano Veloso, uma das figuras centrais do longa, será o diretor convidado do festival e irá apresentar uma seleção de seis filmes clássicos e raros; confira:

"Aniceto" (Argentina, 2008), de Leonardo Favio;
"Se Meu Apartamento Falasse" (EUA, 1960), Billy Wilder;
"Deus e o Diabo na Terra do Sol" (Brasil, 1964), de Glauber Rocha;
"Le Grandes Manoeuvres", (França, 1955), de René Clair;
"Nordeste: Cordel, Repente e Canção" (Brasil, 1975), de Tânia Quaresma;
"Vivre Sa Vie" (França, 1962), de Jean-Luc Godard.