08/09/2011 - 07h00

"É uma questão de sorte conseguir juntar tudo o que você quer num filme", diz Guilhermina Guinle sobre "Além da Estrada", em que atua e produz

ALYSSON OLIVIERA
Do Cineweb
  • Atriz Guilhermina Guinle durante o lancamento do livro de Miguel Falabella, no Leblon, Rio de Janeiro (19.04.2011)

    Atriz Guilhermina Guinle durante o lancamento do livro de Miguel Falabella, no Leblon, Rio de Janeiro (19.04.2011)

Quando fala do longa “Além da Estada”, a atriz e produtora Guilhermina Guinle não esconde o orgulho – não apenas porque o filme e recebeu diversos prêmios, mas também porque é dirigido por seu irmão Charly Braun. “Claro que no set somos o mais profissional possível, mas, no fundo, não dá para fazer que eu não o conheço a vida toda”, contou ao UOL Entretenimento.

A participação de Guilhermina como atriz foi quase por acaso. Ela faz Manuela, um affair do protagonista Santiago (Esteban Feune de Colombi). “A moça que ia fazer a personagem ficou meio encantada com a região [interior do Uruguai], acabou que ela não queria mais trabalhar. E o Charly me chamou, e eu fui correndo. Na verdade, ele deu sorte porque eu não estava trabalhando no momento. Se estivesse fazendo novela não ia conseguir ir para lá”.

Ela conta que originalmente seria apenas produtora, que iria ajudar ao irmão a captar dinheiro – especialmente para a finalização do longa. “Pesquisei muito sobre a parte burocrática da produção de um filme, aprendei sobre leis de incentivo e tudo mais”.

Guilhermina elogia principalmente a determinação do irmão em fazer o seu longa. “Existe tanta gente mais experiente do que ele que não tem coragem de fazer um filme.”

Para ela, que no seu currículo cinematográfico tem também “Inesquecível” e o inédito “O Inventor de Sonhos”, de Ricardo Nauemberg, fazer um filme também é uma questão de sorte. “O difícil da vida é conseguir juntar um pouco daquilo que a gente gosta. Às vezes, você é convidada para trabalhar com um bom diretor, mas o roteiro é fraco. Ou acontece o contrário. É um pouco questão de sorte conseguir juntar um bom diretor, um bom texto”.

O longa traz também um dado bastante pessoal para os irmãos. “Rodamos num lugar onde era a fazenda do pai do Charly, onde passamos todos os nossos Natais, e o lugar ia ser vendido. Eu acho que, para ele, fazer o filme foi algo bem pessoal, algo importante”.

Guilhermina explica que boa parte do filme foi rodada numa fazenda em Punta del Este onde ela e seus irmãos passavam férias de verão, e hoje, depois das filmagens do longa, se tornou um hotel.

TRAILER DO FILME ''ALÉM DA ESTRADA''

Baun confessa que “Além da Estrada” nasceu de uma ‘crise dos 30 anos’. “Os lugares por onde os personagens viajam eu os conheço de passar a vida toda por eles”.

O diretor, que também assina o roteiro desse seu primeiro longa, conta que tinha um mapa narrativo, a trama estava fechada, mas os diálogos, não. “Eu tinha que estar aberto àquilo que encontraríamos pelo caminho. Um road movie tem que ter disso. E as pessoas foram muito generosas em se exporem”.

Entre os entrevistados está a modelo Naomi Campbell que estava de férias na região, e topou o convite. “Ela filmou com a gente por um dia. Ela é ela mesma em cena, e acho que foi muito corajosa de colocar sua cara ali no filme. Nós não tínhamos nada a perder, mas ela, uma imagem a zelar”, se diverte.

O filme, aliás, deu ao diretor a chance de viajar a diversos lugares no Brasil e no exterior e isso até o ajudou em seu próximo filme, que deve se passar na Rússia. “Duas amigas minhas, as atrizes, Martha Nowill e Maria Manuela, foram estudar teatro lá, e a experiência foi ótima. Penso em fazer o filme sobre duas moças que vão para a Rússia estudar. Tudo seria uma descoberta para elas, e para mim também”.

Há algumas semanas, ele saiu do festival de cinema de São Petersburgo com o prêmio do público – o que para ele foi uma grande surpresa. “A gente nunca sabe o que esperar. Como o filme se comunicaria com o público russo? Uma realidade tão distante da nossa. A sessão foi bem inusitada, não havia legenda, mas uma tradução simultânea feita em alto falantes”.