01/12/2011 - 14h23

O Oscar deveria reconhecer a comédia, diz Ben Stiller após receber premiação inglesa

Da Redação
  • O ator Ben Stiller durante pré-estreia de "30 Minutes or Less" em Los Angeles (8/8/2011)

    O ator Ben Stiller durante pré-estreia de "30 Minutes or Less" em Los Angeles (8/8/2011)

Depois de ganhar o prêmio "Charlie Chaplin de Excelência em Comédia" no Bafta Los Angeles pelo conjunto da obra, o ator Ben Stiller comentou que o gênero poderia ser mais reconhecido na maior premiação do cinema mundial, o Oscar. "Em termos de Oscar, é muito ruim que comédias não tenham o reconhecmento devido", disse, segundo o site Huffington Post.

Para Stiller, o fato de as comédias ficarem de fora é um "grande buraco": "Parece que é como se houvesse um grande buraco, em que não há reconhecimento para pessoas que, em muitos e muitos anos, fizeram um grande trabalho. Não sei se a solução seria a criação de uma nova categoria. É ótimo que o Globo de Ouro exista, nesse sentido, é uma abertura para que a comédia seja reconhecida... Vale a pena pensar nisso, porque há muita gente boa nessa área", diz.

O ator fala não só em causa própria, mas em nome de muitos colegas que ajudou a promover em diversos filmes e programas de televisão. O comentário se junta ao de Judd Apatow que, em novembro, também comentou que o Oscar deveria criar uma categoria separada para comédias. "Parece que comédias ganharam cinco vezes em zilhões de anos o Oscar de melhor filme; se elas tivessem sua categoria, não ficaria parecendo que 'Se Beber, Não Case' iria ferrar um 'A Lista de Schindler'", disse Apatow, acrescentando que a categoria animação entrou somente em 2001.

Na última década, somente seis filmes de comédia foram nomeados para a categoria de melhor filme. "Minhas Mães e Meu Pai" foi nomeado em 2010; "Juno", em 2007; "Little Miss Sunshine", em 2006; e filmes um pouco mais sérios, como "Amor sem Escalas", em 2009; "Sideways - Entre Umas e Outras", em 2004; e "Encontros e Desencontros", em 2003.

"Missão Madrinha de Casamento" tem boas chances de entrar na competição do próximo ano, assim como "The Descendants", com George Clooney, e "Beginners", com Christopher Plummer.