05/01/2012 - 07h00

Ator de "Cavalo de Guerra" conta que treinou equitação por dois meses antes de fazer filme

ANA OKADA
Em São Paulo

O inglês Jeremy Irvine conta que não sabia andar a cavalo, até ser convidado para protagonizar "Cavalo de Guerra", novo filme de Steven Spielberg sobre a amizade entre um jovem e um equino. "Fiz aulas de equitação por dois meses e foi ótimo, treinei bastante", disse, em entrevista por telefone ao UOL. No longa, ele não só montou sobre o animal, como teve que treiná-lo a usar um arado. Apesar da complexidade das cenas, Irvine diz que não teve receio de fazê-las: "Não tive tempo de ter medo, nem pensei nisso".

Veja imagens de "Cavalo de Guerra"
Veja Álbum de fotos

No filme, o ator vive Albert Narracott, camponês que cria um laço de amizade com o cavalo Joey, antes de ele ser vendido para a cavalaria inglesa durante a Primeira Guerra Mundial. Joey, então, enfrentará a guerra pelas mãos de soldados ingleses e alemães. Ao todo, catorze cavalos interpretaram Joey: para isso, eles recebiam uma maquiagem que recriava a mancha que o personagem equino tinha entre os olhos.

"Cavalo de Guerra" foi o primeiro filme de Irvine, que tem 21 anos. Antes, ele havia feito apenas um seriado de TV, uma peça em que tinha um papel coadjuvante e havia tentado entrar no curso de três anos da London Academy of Music and Dramatic Arts, sem obter sucesso. Seu agente, então, lhe falou do teste para o longa, e ele conseguiu o "trabalho dos sonhos", como definiu o papel.

SPIELBERG DIZ QUE FOI ÀS LÁGRIMAS COM NOVO FILME

Jeremy diz que Spielberg era "como um pai" no set de filmagens, e que sempre estava preocupado em saber se o ator estava se sentindo bem: "Ele foi muito bacana, muito preocupado, paternal. Sempre estava preocupado em saber se eu estava me sentindo bem", diz.

Para o ator, o longa foi como uma escola, e Spielberg foi seu professor: "Aprendi muito sobre atuação, acho que isso foi o mais importante deste trabalho para mim. Vou levar isso para a vida toda. E que melhor professor eu poderia ter, senão Steven Spielberg?", completou.

Por conta do longa, Irvine foi nomeado pelo círculo de críticos de Londres como um dos candidatos a revelação do ano e "Cavalo de Guerra" está concorrendo ao Globo de Ouro e tem boas chances de entrar no Oscar 2012.

Depois de "Cavalo de Guerra", Jeremy Irvine protagonizou a versão para o romance "Great Expectations", de Charles Dickens, dirigida por Mike Newell ("Harry Potter e o Cálice de Fogo"), e estará nos longas "Now Is Good", de Ol Parker, e "The Railway Man", de Jonathan Treplitzky. "Cavalo de Guerra" estreia nesta sexta-feira (6).

TRAILER DE "CAVALO DE GUERRA"