O ator Jean Dujardin em cena do filme "The Artist", do cineasta Michel Hazanavicius

O ator Jean Dujardin em cena do filme "The Artist", do cineasta Michel Hazanavicius

09/01/2012 - 20h48

Diretor de "O Artista" responde acusação de ter se aproveitado de filme de Hitchcock e diz que fez uma "carta de amor" ao cinema

O diretor de "O Artista", Michel Hazanavicius, divulgou na tarde desta segunda-feira (9) uma resposta à acusação da atriz Kim Novak de que o longa teria se aproveitado de "Um Corpo que Cai", de Alfred Hitchcock, ao utilizar seu tema das cenas de amor. A atriz, protagonista do longa, pagou um anúncio de uma página de jornal para expressar desaprovação em relação ao uso da música, que chamou de "estupro": "Meu trabalho foi violado por 'O Artista'", disse.

Confira a resposta do diretor, divulgada pelo site Hollywood Reporter:

"'O Artista' foi feito como uma carta de amor ao cinema, e cresceu por conta da nossa admiração e respeito por filmes ao long da história. Foi inspirado no trabalho de Hitchcock, Lang, Ford, Lubitsch, Murnau e Wilder. Amo Bernard Hermman [compositor da música de 'Um Corpo que Cai'], sua música já foi usada em diversos filmes e fiquei muito feliz em usá-la no meu. Tenho um grande respeito por Kim Novak e sinto muito que ela não concorde com minha opinião."