12/01/2012 - 18h12

Academia divulga novas regras para escolha de documentários e curtas-metragens no Oscar 2013

A Academia de Filmes, Artes e Ciências, que regula a premiação do Oscar, divulgou nesta quinta-feira (12) mudanças para a escolha de documentários e curtas-metragens para a cerimônia de 2013. Segundo comunicado da associação, o objetivo é aumentar as chances que os membros da academia têm para assistir a esses filmes.

Para os documentários, todos os inscritos passarão por uma primeira votação. Para isso, os produtores terão que enviar 200 DVDs para a academia --30 a mais do que era enviado antes. Para a votação final, será possível assistir novamente aos indicados em exibições, mas os membros da academia terão as opções de ver os filmes em formato digital ou DVD também.

Os candidatos a melhor documentário também terão que ter uma crítica sobre o filme publicada nos jornais "The New York Times" ou no "Los Angeles Times". Antes, só era necessário que eles tivessem exibição durante uma semana em Nova York ou Los Angeles, que fosse anunciada em pelo menos um jornal de grande circulação --essa regra continuará valendo.

Para os curtas, os membros continuam tendo que assistir a todos os indicados antes de votar, mas agora também terão a opção de vê-los direto no cinema. Os produtores também terão que disponibilizar cópias adicionais que fiquem à disposição dos membros da academia. Outras mudanças incluem mudanças menores, não especificadas pela associação.

De acordo com a academia, as regras são revistas todos os anos. Os indicados ao Oscar 2012 serão anunciados em 24 de janeiro.