Martin Gropius Bau, onde se realiza o European Film Market (EFM), paralelamente ao Festival de Berlim

Martin Gropius Bau, onde se realiza o European Film Market (EFM), paralelamente ao Festival de Berlim

14/02/2012 - 07h36

Brasil, Rússia, Índia e China são a "bola da vez" no mercado internacional de cinema

Alessandro Giannini
DO UOL, em Berlim

A crise na Europa e a instabilidade econômica nos Estados Unidos colocaram Brasil, Rússia, Índia e China (os países BRIC) em posição de destaque no European Film Market (EFM), que se realiza em Berlim, no Martin Gropius Bau, paralelamente ao festival de cinema.

De acordo com a revista Hollywood Reporter, especializada na indústria de cinema, os vendedores estão de olho não só no capital que os países podem oferecer, mas também, e principalmente, no seu público pagante.
 
A China é hoje o terceiro mercado mundial de cinema, com arrecadação de US$ 2,9 bilhões, atrás apenas de Estados Unidos e Japão. A Rússia superou pela primeira vez a marca do bilhão em 2011 - em números exatos, a arrecadação atingiu US$ 1,16 bilhão. E o mercado brasileiro registrou crescimento de 12%, tendo arrecadado US$ 790 milhões no ano passado.