11/04/2012 - 22h56

Documentário de Pedro Bial sobre Jorge Mautner está entre os selecionados do Cine PE

Ana Okada
Do UOL, em São Paulo
  • Cena de "Jorge Mautner - O Filho do Holocausto", de Pedro Bial e Heitor D'Alincourt

    Cena de "Jorge Mautner - O Filho do Holocausto", de Pedro Bial e Heitor D'Alincourt

"Jorge Mautner - O Filho do Holocausto", documentário dirigido por Pedro Bial e Heitor D'Alincourt, está entre os selecionados na mostra competitiva do Cine PE, festival de cinema realizado em Recife de 26 de abril a 2 de maio. Os concorrentes desta edição foram divulgados em coletiva de imprensa realizada nesta quarta-feira (11), na Cinemateca Brasileira, em São Paulo.

Além do documentário de Bial sobre o músico Jorge Mautner, também estão entre os indicados "Paraísos Artificiais", filme de Marcos Prado com Nathalia Dill como protagonista, e "Na Quadrada Das Águas Perdidas", filme mudo com o ator Matheus Nachtergaele e dirigido por Wagner Miranda e Marcos Carvalho.

Completam a lista dos indicados na mostra competitiva do Cine PE os filmes "À Beira do Caminho", de Breno Silveira, "Corda-bamba, História de uma Menina Equilibrista", de Eduardo Goldenstein, e "Boca", de Flávio Frederico, e "Estradeiros", de Renata Pinheiro e Sérgio Oliveira.

Maior festival de público

O Cine PE é o maior festival do país em público, segundo os organizadores. Em 15 anos, eles já receberam mais de 320 mil espectadores. Para 2012, eles esperam mais de 30 mil pessoas no Teatro Guararapes, no Centro de Convenções de Pernambuco, local em que é realizado o evento.

Na edição deste ano, serão homenageados os cineastas Cacá Diegues e Fernando Meirelles, e o ator Ney Latorraca. Do primeiro, será exibido "Xica da Silva"; de Meirelles, "Xingu" (produzido por ele e dirigido por Cao Hamburguer); e de Latorraca, "Beijo no Asfalto", dirigido por Bruno Barreto.

Segundo o responsável pelo Cine PE, Alfredo Bertini, eles tentaram trazer à mostra o filme inédito de Fernando Meirelles, "360", mas não conseguiram. "Tentamos de tudo para trazer, mas quase chegamos lá", comentou Bertini. No festival, também serão comemorados os dez anos de "Cidade de Deus", de Meirelles.

Além dos longas em competição, o evento terá debates, mostra com filmes infantis e uma exibição itinerante, por bairros da cidade, com a exibição de "Deus é Brasileiro", de Cacá Diegues. Haverá também mostra competitiva para curtas-metragens.