27/05/2012 - 16h09

Para Cacá Diegues, "Beasts of the Souther Wild" merece ganhar o Oscar

THIAGO STIVALETTI
Do UOL, de Cannes
  • O cineasta brasileiro Cacá Diegues, presidente do júri da Câmera de Ouro do Festival de Cannes 2012 no evento (17/5/12)

    O cineasta brasileiro Cacá Diegues, presidente do júri da Câmera de Ouro do Festival de Cannes 2012 no evento (17/5/12)

Após a premiação do Festival de Cannes, o cineasta brasileiro Cacá Diegues explicou por que deu o prêmio Caméra d’Or, de melhor filme de diretor estreante, para o americano "Beasts of the Southern Wild" de Behn Zeitlin.

O filme é a história encantadora sobre uma menina negra que vive com seu pai numa comunidade isolada do rio Delta sujeita a inundações e tempestades, tem uma relação especial com a natureza e imagina um exército de gigantescas criaturas pré-históricas. Uma delicada mistura de "Onde Vivem os Monstros" com "A Árvore da Vida".

O filme já tinha saído premiado do Festival de Sundance em janeiro e desde já é forte candidato à vaga de filmes independentes que o Oscar sempre reserva nas suas indicações.

"O filme tem uma grande originalidade, uma mistura de fantasia e realismo e um grande amor pelos personagens. E ao mesmo tempo é um filme de iniciação, sobre essa menina que precisa se confrontar com o mundo. Acho que também merece o Oscar", disse Diegues.

O diretor Behn Zeitlin recusou as expectativas para o Oscar 2013. "Este foi o primeiro filme para quase todo mundo na equipe. Quando você está fazendo um filme, simplesmente não pensa em prêmios", declarou.