07/08/2012 - 15h51

Coprodução brasileira "Infância Clandestina" abrirá mostra do Festival de San Sebastian

  • Cena da coprodução brasileira "Infância Clandestina", do argentino Benjamin Ávila

    Cena da coprodução brasileira "Infância Clandestina", do argentino Benjamin Ávila

A coprodução brasileira "Infância Clandestina", do argentino Benjamin Ávila, irá abrir a mostra "Horizontes Latinos" do Festival de San Sebastian, realizado em setembro, na Espanha. "Era Uma Vez Veronica", de Marcelo Gomes (de "Cinema, Aspirinas e Urubus"), e a co-produção "La Playa", de Juan Andrés Arango, também estão no evento. As informações são do site The Hollywood Reporter.

A mostra, uma das mais populares do festival, é uma ponte para os filmes latino-americanos para a Europa. Também são destaques os filmes "Post Tenebras Lux", do mexicano veterano Carlos Reygadas, e "Young and Wild", da chilena estreante Marialy Rivas. O vencedor da competição ganhará 35 mil euros (cerca de 88 mil reais).

Outros participantes da "Horizontes Latinos" são "After Lucia", de Michel Franco; "The Delay", de Rodrigo Pla; "Aqui Y Allá", de Antonio Méndez Esparza; "El Bella Vista", de Alicia Cano; "Salsipuedes", de Mariano Luque; "La Sirga", de William Vega; e "El Último Elvis", de Armando Bo. O festival ocorre entre os dias 21 e 29 de setembro.