Elvis Presley em cena do filme "O Prisioneiro do Rock" (1957)

Elvis Presley em cena do filme "O Prisioneiro do Rock" (1957)

28/08/2012 - 14h40

Produtora pretende levar ao cinema livro sobre relação de Elvis com meio-irmão

A BiteSize Entertainment adquiriu os direitos do livro “Conversations with the King”, sobre a relação do meio irmão de Elvis Presley, David E. Stanley, com o cantor. Ele planeja adaptar a obra para o cinema, informou nesta terça (28) o site da revista "The Hollywood Reporter".

Com o título de “Growing Up Graceland”, o filme trata da relação de 17 anos entre os dois, conforme Elvis se tornou o ídolo e mentor de Stanley.

Stanley se mudou com a família de Presley para a célebre residência Graceland, em Memphis, aos 4 anos, momento no qual o mítico artista, que tinha 24 anos, se transformou em uma figura paternal. Com o passar dos anos, Stanley foi um dos mais próximos ajudantes do cantor, a quem confiou muitos de seus segredos.

"Após reunir-nos com Stanley, ler seu livro e escutar suas histórias, nos demos conta de que há outra vertente do fenômeno Elvis, uma história maior que ainda não foi contada", disse o produtor Gene Kirkwood.

"Se Elvis estivesse vivo neste tempo de revolução da comunicação em massa, acho que seria um dos indivíduos mais influentes do mundo", acrescentou.

No último dia 16, foram celebrados os 35 anos da morte de Elvis, que faleceu aos 42 anos.

David E. Stanley, nascido na Virgínia em 1955, é filho de Bill e Dee Stanley. Três anos depois do nascimento, seus pais se divorciaram e em 1960, Dee se casou com Vernon Presley, o pai viúvo de Elvis.

Stanley cresceu entre os estúdios MGM, Paramount e Warner Bros, enquanto via seu meio-irmão gravar vários filmes. De 1972 a 1977 trabalhou como assistente de Elvis em centenas de shows.

* Com informações da agência EFE.