Cena de "Através", premiado na categoria Revelação do Festival Internacional de Curtas-metragens de São Paulo

Cena de "Através", premiado na categoria Revelação do Festival Internacional de Curtas-metragens de São Paulo

31/08/2012 - 23h00

Festival Internacional de Curtas-metragens de São Paulo divulga premiados

A organização do Festival Internacional de Curtas-metragens de São Paulo anunciou nesta sexta (31) os premiados de sua 23ª edição, que ocorreu entre 23 a 31 de agosto. 

O festival apresentou os curtas nesse período em sessões espalhadas por sete salas de exibição na cidade e coletou os votos do público para eleger os 10 preferidos da audiência.

O total da premiação distribuída este ano pelos parceiros do evento supera R$ 100 mil, divididos entre aquisições e fomento a novos talentos.

Veja abaixo os premiados.

 

Prêmio Revelação

“Através”, de Amina Jorge

Menção Honrosa para "Elevar.te", de André Hauszler

 

I Prêmio Itamaraty para o Curta-Metragem Brasileiro

“Serra do Mar”, de Iris Junges

“Fogo-Pagou”, de Ramon Batista

 

Prêmio Canal Brasil de Incentivo ao Curta-Metragem

“O Duplo”, de Juliana Rojas

 

Prêmio SescTV para Novos Talentos

Prêmio Diretor Estreante (Mostras Brasil e Panorama Paulista)
“Cine Camelô”, de Clarissa Forjaz Knoll
Prêmio Formação do Olhar - Categoria KinoOikos
Lovely, realização de Observatório.Doc
Ckost, de Rodrigo da Silva Rodrigues

 

Prêmio TV Cultura

“Aluga-se”, de Marcela Lordy

 

Porta Curtas

“Animador”, de Cainan Baladez e Fernanda Chicolet
“Cowboy”, de Tarcisio Lara Puiati
“O Cadeado”, de Leon Sampaio

 

CTAv

“O Duplo”, de Juliana Rojas

“Dia Estrelado”, de Nara Normande

  

ABD-SP

Mostra Brasil

“Elogio da Graça”, de Joel Pizzini

 

Mostra Latino Americana

Prêmio ABD de Melhor Filme - “Noélia”, de María Alché (Argentina)

Menção Honrosa - “Paal”, de Christoph Müller e Victor Vargas Villafuerte (México, Canadá, Suíça)

  

Cachaça Cinema Clube

Melhor Filme Maneirista – “Dizem Que Cães Veem Coisas”, de Guto Parente

Melhor Filme Existencialista – “Filme Para Poeta Cego”, de Gustavo Vinagre

Melhor Filme Sofista – “Cowboy”, de Tarcisio Lara Puiati