01/10/2012 - 20h41

Dificuldade para retirar ingressos atrapalha cinéfilos no Festival do Rio 2012

Chico Fireman
Especial para o UOL, do Rio de Janeiro

Nem Claúdia Abreu, a Chayenne da novela "Cheias de Charme", escapou dos problemas no sistema de venda de ingressos do Festival do Rio, que acontecem desde o fim de semana. No começo da tarde desta segunda (1), a atriz esperava pacientemente ao lado dos caixas da Central de Ingressos do evento, que fica no Cinema Estação Sesc Rio, em Botafogo. Ela não foi a única. O tempo médio de espera para ser atendido era ultrapassava de 30 minutos.

O principal problema, denunciam os frequentadores do evento, seriam as quedas constantes no sistema de computadores.

A assistente de marketing Vanda Serizawa, que veio ao Rio especialmente para o festival, teve que desistir de aguardar. “Depois de meia hora, precisei ir embora porque senão perderia o horário do filme que iria ver”. Veterana dos festivais de cinema, Sonia Barros afirmou que mesmo o caixa preferencial na Central de Ingressos, exclusivo para clientes com mais de 60 anos, tem apresentado filas. “Quando eu vejo que tem muita gente para ser atendida, nem chego perto. Estou gastando muito mais tempo para retirar ingressos neste ano porque tenho que voltar várias vezes aqui”, explica.

“No ano passado”, lembra a jornalista Gina Pinheiro, “havia pelo menos quatro caixas para o pessoal que tem passaporte. Neste ano, são apenas dois”. Ao todo, oito caixas foram disponibilizados para atender a demanda. No início da noite desta segunda, três deles estavam fora do ar.   

A reportagem do UOL fez um teste: pegou uma senha para retirar ingressos pelo caixa da que atende os profissionais da imprensa e as pessoas que compraram passaportes que dão direito a 20 ou 50 filmes. O horário era 18h17 e havia 15 pessoas na lista de espera. Quarenta minutos depois, apenas três clientes haviam sido atendidos. Quando finalmente o número foi chamado, os dois filmes solicitados estavam indisponíveis, mesmo tendo as cópias liberadas, segundo o site do festival.

O internauta Gabriel Cid denuncia que a dificuldade também acontece nas compras online. “Deixei de ver filmes no (Cine) São Luiz nos primeiros dias do festival por conta do problema. Até hoje não se pode retirar ingressos via passaporte pelo sistema online para cinemas como São Luiz e Estação Gávea”, lamenta. O problema para a compra de ingressos antecipados para estas salas também acontece na Central.

Segundo o site do evento, ingressos para ambos os cinemas deveriam poder ser comprados tanto na Central quanto na internet.

Muitas pessoas que tentaram retirar os ingressos pela internet utilizando o passaporte tiveram problemas para efetuar a compra. Num grupo dedicado ao festival no Facebook, Bruno Mello, reclamou que recebia a mensagem de “usuário não existe”.  Vários internautas responderam, afirmando terem tido o mesmo problema.