UOL Entretenimento Cinema
 
04/10/2010 - 12h00

Indicado da Argentina ao Oscar tem noite de gala no Festival do Rio

  • Ricardo Darín e Martina Gusmán prestam primeiros socorros em cena de Carancho

    Ricardo Darín e Martina Gusmán prestam primeiros socorros em cena de "Carancho"

RIO DE JANEIRO -"Carancho", produção indicada para disputar o Oscar 2011 de melhor filme estrangeiro pela Argentina, foi exibido no domingo à noite em uma concorrida sessão, prestigiada pelo seu diretor Pablo Trapero e por sua esposa Martina Gusman, protagonista do filme.

Antes da exibição do longa-metragem em uma sala lotada, Trapero descreveu sua obra como "um filme intenso, que conta uma história de amor".

O filme conta a história de Sosa, um advogado urubu ("carancho") que se aproveita das indenizações pagas a vítimas de acidentes de trânsito, em um esquema de corrupção envolvendo profissionais da saúde e policiais. Sosa decide deixar a vida de contraventor quando se apaixona pela paramédica Luján.

Envolvido até o pescoço nos esquemas da quadrilha, Sosa passa a ser perseguido por seus chefes e acaba envolvendo a jovem amante.

Martina Gusman vive a bela Luján, enquanto o papel de Sosa é interpretado pelo astro do cinema argentino Ricardo Darín, que atuou em algumas das principais produções portenhas dos últimos anos, como "O Filho da Noiva" (2001) e o vencedor do Oscar de melhor filme estrangeiro do ano passado "O Segredo de Seus Olhos" (2009).

Como explicou Trapero, o filme conta uma história de amor intensa, repleta de boas sequências de ação que agradaram os espectadores presentes na sessão.

"Carancho" foi uma das produções argentinas exibidas na mostra Foco Argentino, que homenageia a cinematografia do país vizinho no ano de seu bicentenário.

Veja tamb�m

Carregando...

Siga UOL Cinema

Sites e Revistas

Arquivo

Hospedagem: UOL Host