UOL Entretenimento Cinema
 
04/12/2010 - 18h22

Angelina Jolie conclui seu primeiro filme como diretora e se diz emocionada

  • Johnny Depp e Angelina Jolie estão em O Turista, de Florian Henckel von Donnersmarck

    Johnny Depp e Angelina Jolie estão em "O Turista", de Florian Henckel von Donnersmarck

PARIS, 4 dez 2010 (AFP) - A estrela Angelina Jolie concluiu seu primeiro filme como diretora, uma tarefa que classificou de emocionante e que agora a faz se questionar: "como será voltar a ser atriz?", revelou a atriz em Paris.

"Foi muito divertido ser uma parte a mais da equipe, e estar nas diversas etapas do processo", explicou Jolie em coletiva em Paris, quando evitou revelar mais detalhes sobre a história de amor entre um sérvio e uma muçulmana no início da guerra da Bósnia (1992-95) filmada na Hungria e na Bósnia.

Depois de dizer que o trabalho dos atores é algo mais isolado, a estrela de 35 anos acrescentou que sua estreia como diretora foi "um trabalho diferente e muito emocionante".

"Emocionei-me ao ver o trabalho dos outros atores, e cenas que talvez eu teria feito diferente, e então eles fizeram melhor que eu podia imaginar e me deixaram muito contentes. Agora me pergunto como ser quando eu voltar a ser atriz", acrescentou.

"Terminei as filmagens e em janeiro vou começar a edição", disse ainda.

A atriz comentou que seu trabalho como cineasta teve influência de muitos diretores.

"Aprendi muito com Clint (Eastwood, que a dirigiu em "A Troca", 2008), que é bastante austero como diretor. Aprendi muito com Michael Winterbottom ("O Preço da Coragem", 2007), que realmente deu muita confiança aos atores".

Outra influência foi Robert de Niro. "Ele me ensinou muito sobre ser um diretor de atores", contou a atriz mais bem paga de Hollywood.

Sobre essa questão, a escolha de papeis em filmes de grande arrecadação, Jolie foi taxativa: "Nunca fiz nada pensando na bilheteria".

"Tive a sorte de ser capaz de manter uma carreira mesmo que a bilheteria não é boa", afirmou, se referindo especificamente a "O Preço da Coragem", o filme que arrecadou menos dos 16 milhões de dólares que custou e contava o drama da Mariane Pearl, cujo marido, Daniel Pearl, jornalista do Wall Street Journal, foi sequestrado e morto por um grupo paquistanês em 2002.

Jolie se encontra em Paris junto a Johnny Depp para divulgar seu novo filme, "The Tourist", que estreará no próximo dia 10 nos Estados Unidos.

Siga UOL Cinema

Sites e Revistas

Arquivo

Hospedagem: UOL Host