UOL Entretenimento Cinema
 
09/03/2008 - 13h27

Kevin Spacey volta com "thriller-matemático" inspirado em fatos reais

Da Ansa
WASHINGTON, 9 MAR - O ator norte-americano Kevin Spacey se prepara para voltar às telas de cinema com um "thriller-matemático", mistura de "Uma Mente Brilhante", "Cassino", e "Jogos, Trapaças e dois Canos Fumegantes". É o longa-metragem "21", do australiano Robert Luketic, que estréia esta semana nos Estados Unidos, em Las Vegas.

Kevin Spacey é Mickey Rosa, um professor de matemática sem muita ética do prestigioso Massachusetts Institute of Technology (MIT), que tutela um grupo prodígio de seis jovens alunos com uma idéia inusitada.

Brilhantes em matemática, decidem ir a Las Vegas para comprovar na prática a teoria de um deles, Ben Campbell (interpretado por Jim Sturgess), considerado por Rosa o melhor aluno de todos os tempos e que afirma ter descoberto um sistema de cálculo capaz de antecipar com exatidão as jogadas da mesa de cartas dos cassinos.

Dessa vez o jogo-tema não é o pôquer, mas o black jack, de onde vem justamente o título da produção, "21" (quantidade de pontos que um jogador deve fazer). O professor, não muito convencido com a teoria baseada em gestos, sinais e estatísticas, acompanha o grupo ao cassino de Cole Williams (interpretado por Laurence Fishburne, o Morfeu de "Matrix") para verificar pessoalmente o experimento.

E como era de se esperar, Mickey Rosa se une aos jovens estudantes, mas Williams não está tão disposto a deixar que desbanquem seu cassino, criando, assim, todas as situações de conflitos, dramas e fugas.

Distribuído pela Columbia Pictures, o filme é baseado em uma história real, de justamente seis estudantes do MIT que, para conseguir pagar os estudos, desbancaram cassinos de Nevada. (ANSA)

Veja tamb�m

Carregando...

Siga UOL Cinema

Sites e Revistas

Arquivo

Hospedagem: UOL Host