UOL Entretenimento Cinema
 
14/11/2008 - 16h05

"Cegueira", de Fernando Meirelles, participa de Festival de Cinema de Havana

Da Ansa
HAVANA - O 30º Festival Internacional do Novo Cinema Latino-Americano de Havana, que acontecerá entre os dias 2 e 12 de dezembro, contará com mais de 500 títulos, entre os quais "Cegueira", de Fernando Meirelles, e o épico "Che", do norte-americano Steven Soderbergh.

Baseado no romance "Ensaio sobre a Cegueira", do português e Nobel de Literatura José Saramago, o longa de Meirelles é um dos principais filmes do festival.

No entanto, o mais esperado é a obra "Che", em que Soderbergh conta a vida do revolucionário argentino Ernesto "Che" Guevara, representado por Benico Del Toro, ganhador do prêmio de melhor ator no Festival de Cannes deste ano. "Che" é dividido em duas partes, "El Argentino" e "El Guerrillero", que juntos dão quatro horas.

O diretor do festival, Ivan Giroud, disse que o filme terá "uma apresentação especial", e ainda esclareceu que não pode confirmar a presença dos norte-americanos ligados à produção porque eles dependem "de permissões e autorizações para viajar" à Cuba.

Além de "Cegueira", outra presença brasileira é a do renomado cineasta Nelson Pereira dos Santos, que irá a Havana para receber o prêmio Coral de Honra, que também será concedido ao chileno Miguel Littín, ao boliviano Jorge Sanjinés e ao mexicano Paul Ledouc.

O documentarista Eduardo Coutinho também será homenageado com um retrospectiva, juntamente com o britânico Mike Leigh e o estúdio Argentina Sono Films.

No seção competitiva, Cuba irá projetar os longas "El cuerno de la abundancia", de Juan Carlos Tabío, "Omertá", de Pavel Giroud, e "Kangamba", de Rogelio Paris. Além disso, será lançado o documentário "Titón, de La Havana a Guantanamera, 1928-1996", de Mirtha Ibarra.

A Argentina é o país mais representado no festival, com cinco longas-metragens em concurso - entre eles "La Ventana", de Carlos Sorín -, seguido do México, com quatro.

Em ocasião do 30º aniversário do festival, este ano irá contar com uma retrospectiva do cinema latino-americano dos últimos 30 anos. Assim como em anos anteriores, a edição deste ano prevê a presença do escritor colombiano Gabriel García Márquez.

A seção dedicada ao cinema italiano inclui a projeção de "Gomorra", baseado no livro homônimo do escritor Roberto Saviano e dirigido por Matteo Garrone, que confirmou sua presença na projeção.

Veja tamb�m

Carregando...

Siga UOL Cinema

Sites e Revistas

Arquivo

Hospedagem: UOL Host