UOL Entretenimento Cinema
 
07/09/2009 - 16h00

Em Veneza, Chávez diz que gostaria de encontrar o Papa

VENEZA, 7 SET (ANSA) - O presidente venezuelano, Hugo Chávez, que assistiu hoje em Veneza ao documentário "South of the Border", disse desejar encontrar o papa Bento XVI, pois, seu "relacionamento com a Igreja é bom".

"Há bispos que me criticam, mas gostaria de encontrar o Papa", disse Chávez após assistir ao filme de Oliver Stone, que narra a história de sua vida, com depoimentos de outros governantes latino-americanos.

"Queremos viver na mensagem de Cristo. Eu sou cristão e creio que devemos todos ser grandes irmãos", declarou o presidente.

Sobre a produção do cineasta, o venezuelano afirmou que "é bom que Oliver já tenha gravado este filme para mostrar esta verdade, para que o mundo conheça aquilo que estou fazendo de verdade: o renascimento da democracia, a revolução democrática".

Em meio a muitos aplausos, sobre o tapete vermelho, Chávez ainda posou para fotos e se encontrou com o presidente da Bienal de Veneza, Paolo Baratta, e com o diretor da Mostra de Cinema, Marco Mueller.

O governante, que chegou esta tarde a Veneza após viagem ao Turcomenistão, recebeu ainda um buquê de rosas vermelhas da delegação do movimento político Forza Nuova.

Em nota, a organização diz acompanhar "as linhas políticas de Chávez: autodeterminação ao povo, soberanias energética e militar, luta contra o imperialismo norte-americano".

Chávez, que realiza uma viagem internacional, passou por Veneza apenas para assistir ao documentário, que é exibido até amanhã no 66º Festival de Cinema da cidade. A mostra termina no próximo sábado.

Veja tamb�m

Carregando...

Siga UOL Cinema

Sites e Revistas

Arquivo

Hospedagem: UOL Host