UOL Entretenimento Cinema
 
01/02/2008 - 22h47

Wesley Snipes é absolvido de acusação de conspiração para evadir impostos

Orlando (EUA.), 1 fev (EFE).- O ator americano Wesley Snipes foi declarado hoje inocente de acusações de conspiração e de fraude para evadir impostos, mas foi considerado culpado de três acusações menores por não ter declarado impostos.

Snipes foi julgado em um tribunal de Ocala (Flórida) por não declarar impostos entre 1999 e 2004.

O júri, composto por cinco homens e sete mulheres, deliberou durante dois dias até chegar a um veredicto.

Outros dois acusados no caso, os contadores do artista Douglas Rosile e Ray Kalm, foram julgados culpados de conspirar para cometer fraude.

Os advogados do ator qualificaram o veredicto como uma "vitória", e agradeceram aos cidadãos de Ocala por sua "generosidade e justiça".

Durante o julgamento do ator, de 45 anos e oriundo de Orlando, os advogados de defesa declararam que seu cliente estava disposto a pagar mais de US$ 11 milhões ao Serviço de Renda Interna (IRS, na sigla em inglês) como devolução de impostos.

Eles descreveram o ator como uma "vítima", que "nunca foi um vigarista, nem se opôs a pagar impostos".

Compartilhe:

    Siga UOL Cinema

    Sites e Revistas

    Arquivo

    Hospedagem: UOL Host