UOL Entretenimento Cinema
 
08/09/2011 - 16h41

Documentário de Wim Wenders concorre a Melhor Filme Estrangeiro no Oscar 2012

Berlim, 8 fev (EFE).- "Pina", imersão do diretor alemão Wim Wenders no universo do cinema 3D, foi escolhido nesta quinta-feira como o primeiro documentário a concorrer ao prêmio de Melhor Filme Estrangeiro no Oscar 2012.

Segundo informou a German Films, o filme é uma homenagem à coreógrafa alemã Pina Bausch cuja morte, aos 68 anos em 2009, inspirou Wenders a filmar sua vida e obra, a partir da recuperação de material de arquivo que misturou com novas tomadas dos membros da companhia que perpetua a obra da artista.

O filme percorre peças como "Café Müller" e "Sagração da Primavera", dentro e fora do teatro fundado por Pina em Wuppertal, extraindo em dois tipos de câmera - "uma delas, em um guindaste em formato dinossauro", explicou o diretor - uma perspectiva em três dimensões de toda a força gerada a partir da aparente fragilidade da coreógrafa.

Não é a primeira vez que o diretor roda um documentário em 3D, uma vez que já usou a técnica em 2010 em "Caverna dos Sonhos Esquecidos", onde captou as primeiras gravuras rupestres da humanidade no interior das grutas de Chauvet, na França.

Wim Wenders também já se dedicou a biografias de artistas que admira em "Um Filme Para Nick" e "Tokyo-Ga", homenagens aos diretores Nicholas Ray e Ozu Yasujiro, respectivamente.

Desta vez, o diretor homenageia não só a coreógrafa e sua companhia, mas também a cidade de Wuppertal e, por extensão, o Vale do Ruhr, região mineira alemã, berço de alguns talentos como Pina, o próprio Wenders e o cineasta e dramaturgo Christoph Schlingensief, morto em 2010 com câncer.

Veja mais

Siga UOL Cinema

Sites e Revistas

Arquivo

Hospedagem: UOL Host